Capixaba Rhayner é mandado embora do Fluminense antes de jogo decisivo

A versão 2014 do Fluminense já tem sua primeira mudança em relação a este ano: o meia-atacante Rhayner não renovará seu contrato e já foi comunicado de sua dispensa pela diretoria tricolor. O vínculo do capixaba com a equipe ia até o fim de 2013. O jogador não viajou para Salvador para o duelo com o Bahia, pela última rodada do Campeonato Brasileiro, na Fonte Nova, às 17h de domingo.

Mesmo com dificuldade para marcar gols, o atacante ganhou espaço no Fluminense no começo do ano com o técnico Abel Braga. O treinador era entusiasta do futebol de Rhayner, que chegou a ser titular em muitas partidas do Tricolor.

SiteBarra+Barra+de+Sao+Francisco+rhayner-fluminense-divulgacao0No segundo semestre, no entanto, Rhayner caiu de produção e passou ter menos espaço entre os titulares. As chances diminuíram bastante principalmente sob o comando de Vanderlei Luxemburgo e Dorival Junior, que não compartilhavam do mesmo entusiasmo de Abel Braga.

O jogador se reuniu com a diretoria tricolor nos últimos dias para tratar de seu futuro. Ao ser comunicado de que o Fluminense não pretendia renovar seu contrato, Rhayner pediu para que sua dispensa fosse antecipada.

Contratado junto ao Náutico no começo de 2013, Rhayner chegou a ficar 83 jogos sem marcar – somando a passagem pelo clube de Recife – antes de balançar as redes na vitória por 2 a 0 sobre o Resende, em abril.

Aos 23 anos, Rhayner fez 47 jogos com a camisa tricolor e marcou apenas quatro gols. Ele estava no Fluminense emprestado pelo Tombense, de Minas Gerais, clube detentor de seus direitos federativos.

Fonte: Gazetaonline