Ondas eletromagnéticas detectam o câncer de próstata

scaner-próstataUm novo exame para diagnóstico de neoplasia da próstata,está em fase de testes no Brasil.O aparelho chamado TRIMprob, emite ondas eletromagnéticas, que possibilitam a detecção de forma não invasiva o câncer de próstata. Esta  varredura extracorpórea  feita pela TRIMprob pode identificar pacientes em risco para câncer de próstata, e reconhecer aqueles em que o risco é extremamente baixo.

A engenhoca foi descoberta por acaso pelo italiano Clarbruno Vedruccio, que desenvolvia um detector de minas terrestres na década de 90.Como ele sofria de gastrite, percebeu uma queda no sinal, quando o aparelho ficava próximo de tecidos doentes. O novo equipamento não substitui a avaliação clínica , mas funciona como um instrumento complementar na investigação da doença.

Como funciona o novo exame para o câncer de próstata?

1. Posição : O aparelho é portátil é deve ser encostado entre as pernas do paciente;

2. Energia : Ele gera campos eletromagnéticos de baixa energia que são modificados de acordo com as inteirações com os tecidos;

3. Alteração : Se houver algum tumor, esta  alteração será exibida no monitor;

A eficácia do novo exame

O  estudo realizado pelo hospital AC Camargo, situado em São Paulo, que é   um centro de referência internacional em ensino, pesquisa e tratamento oncológico, verificou o TRIMprob durante 18 meses, e comparou os resultados do novo exame com os da biópsia, e foi observado que este procedimento não invasivo,foi capaz de identificar quem não precisaria de ter passado pelas agulhas, com 90% de acerto.

Os resultados do presente estudo representam uma prova de conceito, o que pode abrir um novo campo da medicina. Esses dados serão apresentados no Congresso Brasileiro de Urologia, em Natal ainda neste mês.Para Lucas Nogueira, diretor do Departamento de Uro-oncologia da Sociedade Brasileira de Urologia, a tecnologia é promissora.