Manifestação em Barra de São Francisco vira principal assunto na sessão da câmara

manifestação

Depois da fala do prefeito em seu programa de rádio, no qual desmereceu a manifestação ocorrida em Barra de São Francisco referindo-se a ela como sendo de objetivo político, era de se esperar que os debates na sessão desta segunda fossem voltadas para este acontecimento.

Assim como divulgado nas redes sociais parte dos manifestantes compareceram à sessão da câmara nesta segunda-feira 24 de maio. Uma das prováveis pautas seria um projeto de lei de autoria do vereador Carlim da Dengue, que autoriza a prefeitura a arcar com parte do valor do transporte dos universitários.

SiteBarra+Barra+de+Sao+Francisco+Universitáarios 22

 

O projeto não foi votado nesta sessão.

O  que os vereadores disseram sobre as manifestações

SiteBarra+Barra+de+Sao+Francisco+câmara2

Antônio Moraes Com discurso um pouco confuso, visivelmente nervoso, o vereador frisou seu apoio as manifestações em Barra de São Francisco e no Brasil. ” Estamos vendo que os manifestantes estão cobrando seus direitos na cidade, é seu direito cobrar os benefícios do dinheiro público, que muitas vezes são desviados para ações que não tem necessidade. Nós políticos temos que apoiar e ajudar o povo a pedir.”

Dr. Aloysio Alves O vereador apoiou o movimento de Barra de São Francisco e elogiou a organização. Quero parabenizar o movimento que organizou ( a manifestação) aqui em Barra de São Francisco, foi muito organizado. O povo tem se organizar, e não é só pra pedir emprego não, tem que ser pelo coletivo.”

Emerson Lima e Mulinha  Assim como já era esperado ambos praticamente ignoraram a manifestação em Barra de São Francisco. Emerson Começou seu discurso falando dos benefícios que a cidade vem recebendo na área de esporte, e falando do sucesso que foi o Campeonato Perna de Pau. O único parecer dado sobre o assunto foi quando se referiu à ajuda que os universitários solicitam, ele justificou que a prefeitura ainda arca com dívidas do ano passado em relação ao transporte de alunos do ano passado. Segundo informações em uma reunião ocorrida no início do ano, o prefeito Luciano teria sido taxativo e dito não à ajuda aos universitários.

Jessuí da Cesan Manifestou apoio a manifestação, mas instigou o movimento a expor mais reivindicações. ” Eu esperava que Barra de São Francisco tivesse cartazes com mais reivindicações, com mais cobranças”.

Juvenal Calixto Salientou que as manifestações tem que chegar nas urnas. “Que o voto está na mão do povo, se está errado então tem que tirar, aquele que não está indo de encontro com você eleitor, tem que tirar, o voto está na mão de vocês.”

  Os demais vereadores demostraram apoio as manifestações, alguns frisaram a não depredação do patrimônio público.

Os manifestantes apresentaram um ofício, colocando seus objetivos e solicitando uma audiência com os vereadores para expor todas as reivindicações do movimento.

 

“Senhores Vereadores,

 

Nós do Grupo Manifestação Movimento por Melhorias em Barra de São Francisco, viemos por meio deste informar que somos um grupo de pessoas de diversos segmentos da sociedade, que busca melhorias na qualidade de vida de nossa População.

Contudo, para que possamos atingir nossos objetivos, é necessário que esta Casa de Leis nos reconheça, apoie e principalmente nos RESPEITE. Não temos nada pessoal contra ninguém, apenas queremos exercer o nosso direito de cidadão e eleitor que é de COBRAR, FISCALIZAR e PARTICIPAR, de tudo que diz respeito á transparência na empregabilidade do dinheiro público.

Porém, para que isso aconteça é necessário que alguns conceitos sejam revistos. Um deles é de que esta Casa de Leis que se diz ser representante do POVO haja como tal. Fiscalizando o Executivo e não o acobertando em atos duvidosos.

Para finalizar, SOLICITAMOS uma audiência em caráter de Urgência com todos os Vereadores desta Casa. Para que assim possamos exercer o nosso direito de expor e reivindicar.

Deixo aqui o nosso muito obrigado, na certeza de que todos os Vereadores presentes nesta Casa de Leis entendem nossos motivos, tão bem como nos Apoia.

 

Barra de São Francisco, 24 de junho de 2013.”