Comunidades que elegeram Camatinha reclamam de abandono

SiteBarra+Barra+de+Sao+Francisco+Camatinha2O vereador Camatinha (PSB) que representa a região de Monte Sinai, Poranga, Rio do Campo e adjacências, foi eleito com 813 votos e prometendo que resolvia todos os problemas das referidas localidades, mas o vereador tem passado por maus momentos perante aquelas comunidades, por não estar conseguindo cumprir suas promessas de campanha, mesmo já com quase seis meses de mandato.

Os moradores estão reclamando que neste mandato do vereador Camatinha as coisas pioraram ainda mais e que na época do vereador Saulo Rodrigues, o popular Téte pelo menos três pontes de cimento foram feitas no Rio do Campo, além de estradas patroladas, atendimento médico entre outros benefícios,“hoje o distrito de Monte Sinai, Poranga, a localidade Rio do Campo e adjacências estão totalmente abandonados, sem assistência médica nenhuma, posto de saúde fechado, sem médicos e sem remédios para atender a população carente, além das estradas em péssimo estado de conservação, com muitos buracos, pontes e bueiros a fazer”, afirma um morador que pediu para não se identificar, por receio de perseguição.

Outro morador alega que o vereador Camatinha andou por toda a região fazendo promessas e criticando o vereador Saulo, e agora não aparece para enfrentar a comunidade e só sabe tentar defender o prefeito Pereirinha que também sumiu da região.

Um proprietário rural disse a nossa reportagem o seguinte,“em Rio do Campo, existem 7 pontes de concreto, sendo 4 feitas por Enivaldo dos Anjos quando foi prefeito e 3 pelo ex-prefeito Waldeles Cavalcante, mas na seção de segunda-feira, 10/06/2013, Camatinha disse na tribuna daquela casa de Leis que os problemas de pontes de sua região não são de agora, são antigos, mas ele se esqueceu de dizer que Edinho Bigodão ficou 12 anos na prefeitura como prefeito e não fez nada e agora quer defender Luciano Pereirinha que prometeu mundos e fundos e sumiu na capoeira”, disse.

Os moradores do Rio do Campo procuraram a redação do jornalismo Gazeta do Norte para alertar o risco que os alunos estão correndo na escola EEUEFCF (Escola Estadual Unidocente do Ensino Fundamental) localizada no Córrego Fagundes na cabeceira do Boa Sorte.

Os pais dos alunos gostariam de uma solução, pois, a escola esta em péssimas condições, principalmente o telhado. Uma mãe de aluno aflita disse“Esta correndo risco de cair o telhado em cima dos nossos filhos, esperamos que a atual administração olhasse com carinho para nossos alunos aqui do interior”, finaliza a moradora que preferiu não se identificar.

Já esta sendo organizado um movimento de abaixo assinado para ser encaminhado aos sites de Barra de São Francisco, em repúdio as criticas que o vereador Camatinha fez contra a imprensa do município. Consideram os moradores que o vereador Camatinha quer calar a imprensa para não divulgar o abandono que a região anda e com isto ele não representa a população da região, pois todos consideram que somente com a divulgação feita pelos sites é que o povo consegue se manifestar.

As declarações do vereador contra a imprensa não foi bem aceita pelos moradores e eles acham que o papel do vereador é defender o povo e não ficar ao lado do prefeito cegamente, defendendo até o absurdo, o vereador, segundo um membro da comunidade, tem que ficar ao lado do povo.

 

Vereador afirma: “Não fiz nada ilegal nem imoral”

Após flagrante, vereadores marcam presença

BSF: Tribunal barra gastos de vereadores com curso

Valézio Armani diz que reportagem de A Gazeta é mentirosa

Testemunha confirma ao delegado denúncia contra vereador Mulinha e envolve funcionária do Ministério Público em acusação

Charge: Vereadores fazem o “Curso A” em Vitória

Vereadores de Barra de São Francisco “escapam” do curso para passear em Vitória

.