Uso de drogas, prostituição e abandono em praça municipal gera críticas na Câmara de Barra de São Francisco

A Praça Municipal Senador Atílio Vivacqua voltou a ser assunto de reclamação parlamentar na Tribuna da Câmara de Vereadores em Barra de São Francisco. Sem receber reformas e manutenção expressiva à meses, a principal área pública de lazer dos moradores da região Sede do município francisquense mantém construções de uso público que deveriam atender as necessidades da população que a utiliza em situação precária.

DSC08804Colocando em risco a saúde e a integridade física das crianças, jovens, adultos e idosos que a utiliza todos os dias, a praça possui banheiros com uma série de defeitos a serem corrigidos e atualmente está sendo frequentada não só pelos cidadãos comuns, mas também por usuários de drogas e pessoas que se prostituem, relatou o vereador Juvenal Calixto Filho (PPS) no seu discurso na Tribuna da casa de leis municipal, durante a sessão desta segunda-feira, 25 de fevereiro, realizada às 17 horas.

Segundo o vereador o problema é antigo e pedidos de melhorias já foram feitos a administração municipal, porém ainda não foram atendidos pela nova gestão. Diante da desatenção dessa reivindicação, o parlamentar solicitou ajuda do colega, vereador Mulinha (PTB), da bancada governista, para que ele possa intervir junto ao prefeito municipal uma solução para o estado dos banheiros públicos da praça municipal e voltou a reclamar que a cobrança de melhorias no local já foi realizada faz tempo, mas o prefeito ainda não tomou uma posição sobre o assunto, por isso a necessidade da ajuda do colega representante do governo municipal junto ao chefe do poder executivo na intenção de que ele possa atender a reivindicação, solucionando o problema do abandono da Praça Senador Atílio Vivacqua.

“-Fiz algumas indicações. A reforma dos banheiros da Praça Senador Atílio Vivacqua, que está uma vergonha e não é uma vergonha de agora não, é uma vergonha de tempo. Cobrança essa que nós fizemos. Fiz de olho no vereador Mulinha também. Que agora vossa excelência estará nos ajudando junto ao senhor prefeito, porque a nossa praça municipal está uma vergonha. O que era pra ser uma situação da qual éramos pra ter orgulho, infelizmente a nossa praça municipal está sendo ponto de drogas e prostíbulo. E isso nós não estamos cobrando agora não. Nós estamos cobrando à muito tempo e não foi posicionado ainda o senhor prefeito e o vereador Rubens (Carlinhos da Dengue-PMDB) sabe disso.” Afirmou Juvenal Calixto Filho sobre a situação de abandono da praça municipal diante do pedido de indicação de melhoria enviado a prefeitura, ainda não atendido pela nova gestão.

O questionamento do problema do abandono da praça municipal também foi colocado por outros parlamentares que discursaram na Tribuna. Durante o seu pronunciamento, o vereador Mulinha (PTB) que também é um dos representantes da base do governo municipal junto ao vereador Emerson Lima (PP), disse que estará se reunindo com o prefeito Luciano Pereira (DEM) e estará solicitando uma solução para a reforma da praça municipal. Quanto ao problema da utilização da praça por infratores para uso de drogas e prostituição, Mulinha solicitou a presidência da Casa de Leis, o envio de um ofício ao 11º Batalhão de Polícia Militar de Barra de São Francisco, convocando o Comando do Batalhão a se reunir com os 13 vereadores para que uma solução de policiamento possa implantada na praça, uma vez, que segundo ele, vários ofícios de solicitações foram enviados à administração e ao Comando pelo vereador Juvenal Calixto Filho desde o pleito passado e nada foi feito.

Reportagem: Waschgton Rodes