Escola Vicente Amaro atinge meta e mantém melhor nota do Ideb

Foram divulgados na noite desta terça-feira (14) pelo governo federal, os dados do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) referente ao ano de 2011.

Em Barra de São Francisco, a Escola Vicente Amaro da Silva atingiu a meta projetada pelo MEC e continua sendo a escola com a maior nota do município, 5.4.

Parabéns a todos o funcionários da escola, como sempre digo, nós fazemos a diferença no nosso município”, disse o diretor da escola, Eduardo Fagundes.

O Espírito Santo não alcançou a meta projetada pelo Ministério da Educação (MEC)  em 2011, no ensino fundamental de 6º ao 9º ano. Segundo os dados, o estado alcançou a nota 4,2, quando a projeção era de 4,3. No último Ideb, em 2009, o índice foi de 4,1.

Os dados mostram que 44,2% das escolas com ensino fundamental II (do 6º ao 9º ano) estão abaixo da meta estabelecida pelo Ministério da Educação. Nos anos iniciais do fundamental (1º ao 5º ano), 33,57% das escolas com meta definida ficaram abaixo do esperado. A porcentagem de escolas com resultados aquém das expectativas cresceu em relação ao Ideb 2009, quando 35% das escolas dos anos finais e 26% dos colégios com aulas dos anos iniciais do fundamental não atingiram o objetivo para aquele ano.

O Ideb foi criado em 2007, para medir a qualidade da educação. Foi pensado para facilitar o entendimento de todos e estabelecido numa escala que vai de zero a dez. A partir deste instrumento, o Ministério da Educação traçou metas de desempenho bianuais para cada escola e cada rede até 2022.