Barra de São Francisco completa 68 anos

Barra de São Francisco tomou para si o posto de sentinela capixaba e capital do granito. Com seu povo acolhedor, o município capixaba com jeitinho mineiro completou nesta terça-feira, 04/10, seu 68º aniversário.

Conta a história que lavradores vindos de Minas e de Colatina à procura de terras devolutas e férteis estabelecem-se na confluência dos rios Itaúnas e São Francisco, fundando o Patrimônio de São Sebastião. Este, em 31 de março de 1938, torna-se sede de distrito, pela Lei nº 9.222, com a denominação de Barra de São Francisco. Em 31 de outubro de 1943, pela Lei 15.177, é criado o município, desmembrado de São Mateus. A instalação do município ocorreu a 1º de março de 1944.

Na época do Contestado (década de 50 a 60) o município travou uma guerra territorial com Mantena – Minas Gerais. Nessa época grandes nomes que até hoje figuram no folclore francisquense se destacaram como o pistoleiro Neném Maria, o capitão Décio Nascimento, Alfredo Fagundes e o médico José Merçon Vieira.

Segundo contagem feita pelo IBGE, em 2007, a população do Barra de São Francisco era de cerca de 39.627. O último censo não mostrou os mesmos números e acredita-se que atualmente o município tenha em torno dos 42 mil habitantes.

As principais fontes de renda da população são a extração de granito e a agricultura. Com um comércio diversificado o município tem atraído bons profissionais da área da medicina e empresários em geral, notadamente os ligados à área de mineração.

A “Igreja Matriz-Católica” de Barra de São Francisco é um dos cartões-postais da cidade e foi construída em 1955, outro ponto de referência dentro do município é a Praça Senador Atílio Vivacqua.

Barra de São Francisco tem como limites territoriais os municípios de Vila Pavão, Mantena-MG, Ecoporanga, Águia Branca, Mantenópolis, Nova Venécia e Água Doce do Norte. Possui uma área de 933,747 km². Tendo assim uma densidade de 41,7 hab./km².