PM diz que ocupação no Bairro da Penha está dando bom resultado, em Vitória

Na última terça-feira (11) um homem foi assassinado em uma das ruas do bairro e outro ficou ferido.

Apesar de o assassinato de um homem no meio da rua ter assustado os moradores do Bairro da Penha, em Vitória, a Polícia Militar faz um balanço positivo da ocupação policial que vem sendo feita na região desde a semana passada em função dos confrontos entre criminosos.

“O número de apreensões, de prisões que nós temos feito na região tem sido considerável”, pontuou o comandante do 1º Batalhão da PM, tenente-coronel Borges.

Somente nos últimos quinze dias de janeiro, nove confrontos entre criminosos que disputam o controle do tráfico de drogas foram registrados na região do Bairro da Penha. Na última terça-feira (11), Wendel de Souza Silva, de 35 anos, morreu e outro homem ficou ferido após um dos ataques. Moradores contam que pelo menos 30 tiros foram disparados.

Policiais fazem monitoramento nos acessos ao Bairro da Penha, em Vitória

Policiais fazem monitoramento nos acessos ao Bairro da Penha, em Vitória

Segundo o tenente-coronel Borges, o policiamento deverá continuar por tempo indeterminado.

“A gente mantém, por determinação do nosso comandante-geral, intensificado o policiamento na região, não especificamente no Bairro da Penha, mas nas ruas de acesso, com as blitze, o Batalhão de Trânsito, a cavalaria, o nosso policiamento com cães. Temos horários específicos, que não são divulgados por questão estratégica, e eles se estendem até a madrugada também”, garante.