Em menos de 24h, três tiroteios deixam quatro feridos no ES

Tiroteios aconteceram nos bairros Riviera da Barra e Alecrim, em Vila Velha.

Em menos de 24 horas, três tiroteios deixaram quatro pessoas feridas nos bairros Riviera da Barra e Alecrim, em Vila Velha. Até mesmo o helicóptero da Polícia Militar foi usado para reforçar o policiamento na região.

Um jovem de 23 anos e um adolescente de 15 foram atingidos por disparos na tarde desta terça-feira (12), quando criminosos passaram em um carro pela rua Guaçuí, em Riviera da Barra, e atiraram.

O crime ocorreu por volta das 15 horas. Moradores não souberam precisar quantos eram os suspeitos, mas disseram que os rapazes conversavam em uma calçada quando foram alvejados.

Calçada, na rua Guaçuí, do bairro Riviera da Barra, foi local onde ocorreram dois tiroteios em menos de uma semana

Calçada, na rua Guaçuí, do bairro Riviera da Barra, foi local onde ocorreram dois tiroteios em menos de uma semana

O local é exatamente o mesmo onde um tiroteio já havia sido registrado nesta quarta-feira, por volta das 17 horas. Outras duas pessoas também ficaram feridas.

As marcas dos disparos estão por toda a rua Guaçuí. Já o caso utilizado na hora do crime foi abandonado em um terreno baldio, também com marcas de bala.

Outra região de Vila Velha que também tem sofrido com tiroteios é a dos bairros Alecrim e Primeiro de Maio.

Também nesta quarta-feira, policiais militares foram ao bairro Alecrim para verificar uma ocorrência sobre disparos de arma de fogo. Ao chegarem ao endereço registrado no Ciodes, foram surpreendidos com mais tiros.

Helicóptero da PM sobrevoou a região onde tiros aconteceram.

Helicóptero da PM sobrevoou a região onde tiros aconteceram.

A assessoria da Polícia Militar não informou se houve troca de tiros entre a guarnição e os suspeitos, mas disse que foi preciso acionar o reforço policial.

Um vídeo gravado no local, mostra algumas pessoas correndo com a chega das viaturas. O helicóptero da PM sobrevoou a região.

A polícia disse que a segurança foi reforçada nos bairros. Mas a população segue com medo. Em Riviera da Barra, moradores afirmam que traficantes avisaram que haverá mais tiros nesta quinta-feira (13). Eles pedem para que a polícia siga monitorando a situação.