Suspeito de matar a mãe na noite de Natal no Norte do Espírito Santo confessa o crime

Diego da Conceição, de 28 anos, disse que briga começou após ele vender uma televisão para comprar drogas.

Suspeito de ter matado a própria mãe, o jovem Diego da Conceição, de 28 anos, confessou o crime, na tarde desta quinta-feira (26). Tereza da Conceição, de 55 anos, foi encontrada morta na casa onde morava, em Linhares, Norte do Espírito Santo, nesta quarta-feira (25).

De acordo com a polícia, Diego contou que a briga começou após ele vender a televisão da casa para comprar drogas.

Ele foi detido quando fazia os procedimentos de liberação do corpo da mãe, levado para a 16ª Delegacia Regional de Linhares e, posteriormente, encaminhado a um presídio.

Prisão

Inicialmente, antes da confissão, o delegado explicou que a prisão não estava relacionada ao assassinato, mas sim à outras pendências do homem com a Justiça.

Diego estava preso por roubo e foi beneficiado com a saída temporária de Natal. Entretanto, ele teria descumprido medidas obrigatórias e confessou, em depoimento, que passou a noite bebendo em um bar, além de ter consumido drogas.

Primeira versão

Tereza da Conceição, de 55 anos, foi morta a facadas dentro de sua casa, em Linhares

Em um primeiro momento, Diego contou à polícia que encontrou o corpo de Tereza da Conceição na manhã do dia 25 de dezembro. Ele esteve, inclusive, no Serviço Médico Legal (SML) de Linhares para reconhecer o corpo da mãe.

Ele chegou a dizer que não sabia o que teria motivado o crime, mas que desconfiava de latrocínio porque tinha dado falta de uma televisão na casa.