SEDH participa de intervenção do projeto “Nem tão doce lar” em escola na Serra

A equipe da Subsecretaria de Políticas para as Mulheres e da Gerência de Políticas para a Juventude da Secretaria de Direitos Humanos esteve presente na intervenção do projeto “Nem tão doce lar”, que aconteceu na manhã dessa sexta-feira (29), na Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio (EEEFM) Professor João Loyola, na Serra.

O projeto “Nem tão doce lar” é uma mostra itinerante e interativa, que busca promover reflexões sobre a violência doméstica e familiar contra as mulheres. Ela leva para o espaço público uma típica casa familiar, com informações e imagens que denunciam a violência sofrida por mulheres, crianças e jovens.

Liliane Rodrigues Gomes, de 16 anos, conferiu a mostra e falou um pouco sobre a importância da intervenção. “Eu achei bem interessante porque aqui tem muitas meninas e crianças que sofrem com isso dentro de casa e têm muito medo de denunciar. É bom para abrir caminho para a mulher criar coragem de denunciar”, disse.

A iniciativa fez parte da programação da campanha dos “16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres”, promovida pela Secretaria de Direitos Humanos.

 

Texto: Maria Alice Costa