Padrasto é acusado de abusar de enteadas em Vila Pavão e se suicida dentro da cela após ser preso

O caso aconteceu nesta quinta-feira (28), na delegacia de Nova Venécia, de acordo com as informações apuradas pelo Portal Momento, um homem de 42 anos se matou dentro de uma cela na Delegacia de Nova Venécia, onde aguardava para ser transferido para o presídio.

Os policiais civis encontraram o detento pendurado, ele usou a corda que retirou da descarga.O nome do homem não será divulgado por questões de preservação da identidades das vítimas.

De acordo com a polícia, o homem foi preso em Vila Pavão por acusação de estupro, as vítimas seriam suas duas enteadas, de 8 e 10 anos de idade, após ser preso ele foi encaminhado para a delegacia de plantão em Nova Venécia, onde cometeu o suicídio.

Em depoimento à Polícia Civil, a mãe das crianças disse que encontrou algumas fotos no celular do marido, onde ele teria fotografado o momento em que tentava introduzir seu órgão genital em uma de suas filhas, de 10 anos de idade; a mãe disse que ao conversar com as filhas elas confirmaram que o padrasto tentou estupra-las e chegou a fazer ameaças de morte caso elas contasse para alguém e que elas não iriam conseguir escapar dele; a mãe disse ainda que durante a tentativa de estupro, a menina de 8 anos de idade lutou contra o padrasto para evitar que ele introduzisse em sua irmã.