Brasil: mulher que teve mãos decepadas pelo ex ganha prótese

    A ex-diarista Geziane Buriola da Silva, 33, viu sua vida mudar no dia 10 de abril de 2017, quando sofreu uma tentativa de feminicídio pelo ex-marido, em Campo Novo do Parecis, a 397 quilômetros de Cuiabá. Ela teve as duas mãos decepadas ao tentar se defender de golpes no pescoço.

    Agora, quase três anos depois do crime, Geziane alcançou seu maior sonho: ganhou duas próteses para os braços depois de mobilização de internautas. “É uma felicidade sem explicação. Tenho tanta vontade de pentear meu cabelo e assinar meu nome sozinha. Agora vou poder fazer isso”, conta.