Morre ex-sargento da PM que matou esposa em São Gabriel e foi preso em Mantena

O ex-sargento da PM Natalino Fernandes Botelho, de 65 anos morreu no final da tarde deste domingo (1º) depois de passar mal no presídio militar e ser levado as pressas para o hospital, onde estava internado.

Natalino estava preso na carceragem do Quartel do Comando Geral da PM (QCG), onde cumpria pena de 26 anos e 9 meses, pela morte da esposa, a farmacêutica bioquímica Nádia Guerra, o crime aconteceu em 30 de março de 2016, Nádia foi morta a tiros dentro do quarto do casal, logo após o crime, o acusado fugiu e foi preso dias depois em na cidade de Mantena (MG).

Familiares do ex-militar aguardam no DML de Vitória, para onde o corpo foi levado e vai passar por perícia, as informações iniciais apontam que a causa da morte foi embolia pulmonar. O advogado de defesa do ex-sargento informou ao Portal Momento que Natalino vinha tendo um quadro de depressão e após passar mal no presídio, foi levado ao hospital onde estava internado, vindo a falecer. ” O corpo será examinado para confirmar a causa da morte”, disse o advogado.

Relembre

Bioquímica morta pelo marido pagou fiança de acusado um dia antes de ser assassinada

Sargento que matou a esposa em São Gabriel da Palha é preso em Mantena

Sargento Natalino mata esposa a tiros em São Gabriel da Palha