Moradores de Setiba, em Guarapari, reclamam de furtos e arrombamentos de casas

Um dos moradores contou que teve a casa invadida por criminosos cinco vezes. Polícia Militar informou que há uma reunião marcada com a população para esta quarta-feira (11).

O verão está chegando, mas ao invés de estarem animados, os moradores de Setiba, em Guarapari, estão preocupados. O motivo são os constantes casos de furtos e de arrombamentos no balneário.

O muro alto e a cerca elétrica da casa do empresário José Henrique dos Reis já indicam que a preocupação com a insegurança é grande. Ele se mudou com a família para Setiba em busca de tranquilidade, mas nem mesmo as grades e cadeados das portas e janelas impediram os criminosos de entrar. A casa foi invadida cinco vezes em um ano.

José Herique registrou os boletins de ocorrência, mas até agora não há nenhuma resposta. Nenhum suspeito foi preso.

Esta casa, em Setiba, já foi arrombada por criminosos cinco vezes. — Foto: Reprodução/TV Gazeta

Esta casa, em Setiba, já foi arrombada por criminosos cinco vezes. — Foto: Reprodução/TV Gazeta

“Fizeram um arrastão na minha casa, levaram tudo. Só sobrou um fogão e uma geladeira. Foram levando aos poucos. Ia à delegacia, registrava boletim e nada era feito. Eu corri atrás de várias pessoas que eu conheço, mas sempre a mesma coisa. Não há efetivo em Guarapari, não há policiais para fazer uma investigação para recuperar os bens levados”, critica o empresário.

A casa foi invadida pela última vez na semana passada. Os criminosos desligaram as câmeras e pularam o muro. Quase todos os eletrodomésticos foram levados. Os assaltantes ainda comeram os alimentos que estavam na geladeira e levaram roupas da família.

Ele a família já estão à procura de outro lugar para morar. “Minha esposa saiu, foi para a casa da filha dela e só volta para Guarapari quando eu encontrar um apartamento.”

Quero fazer um apelo ao governador, ao secretário de segurança que olhem por Guarapari. Aqui é conhecido como cidade saúde, cidade tranquilidade e não está existindo isso.”

A casa de Paulo César também foi invadida três vezes por criminosos em Setiba. “Eles entram, roubam, fazem bagunça, destroem mesmo”. Segundo ele, o policiamento é intensificado no verão, mas depois a insegurança volta a bater na porta.

Fernando tem comércio no bairro: “A gente gostaria que o poder público olhasse para nós com mais carinho. Tem muita gente querendo vender as casas, porque você deixa a casa aqui e 15 dias depois já roubaram tudo.”

Polícia Militar

A Polícia Militar informou que há uma reunião marcada com a população para esta quarta-feira (11), as 19h, na escola Professor José Antônio de Miranda.

Sobre a falta de efetivos, a instituição ressaltou que há um concurso público em andamento para a contratação de mais policiais. A PM também afirmou que os casos registrados são investigados.