Homem ameaça a ex, leva surra de moradores de rua e acaba preso no ES

Homem mandou ameaças por áudio em aplicativo de mensagens, mas depois foi até a casa dela. Ele tinha sido proibido pela Justiça de chegar perto da ex-esposa.

Mulher foi ameaçada pelo ex-marido em Vila Velha, no Espírito Santo

Mulher foi ameaçada pelo ex-marido em Vila Velha, no Espírito Santo

Um homem foi preso depois de ameaçar a ex-esposa e levar uma surra de moradores de rua em Vila Velha, no Espírito Santo, na madrugada desta segunda-feira (16).

A mulher, uma auxiliar de serviços gerais de 55 anos passou a noite recebendo ameaças do ex-marido, um mecânico de 49 anos. Ele enviou áudios por um aplicativo de mensagens fazendo as ameaças.

“Vou levar gasolina e tacar fogo nessa desgraça da sua casa. Me atende sua peste. Eu vou comprar gasolina com o seu dinheiro para tacar fogo na sua casa mesmo”, disse.

Depois de enviar os áudios, ele ainda foi até a casa dela por volta das 3h desta segunda. “Meu ex-marido queria que eu subisse para a casa dele, porque ele não aceita a separação e quer que eu volte para casa de qualquer jeito. Ele disse que ia colocar fogo na casa e matar todo mundo que estava dentro”, disse a vítima, que não será identificada.

O atual companheiro da vítima tentou protegê-la. “Começou a brigar com o rapaz que mora comigo, ameaçar ele de morte. Ele começou a falar que eu não era mulher do rapaz. Que eu sou dele, de mais ninguém não”, completou a mulher.

A confusão chamou atenção de pessoas que vivem em situação de rua o bairro, eles correram para ajudar e bateram no homem com socos e chutes.

Carro foi apedrejado em Vila Velha

Carro foi apedrejado em Vila Velha

Ele entrou dentro do carro e tentou fugir, atropelando os moradores de rua. Eles então pegaram pedras e jogaram no carro dele.

O mecânico deixou o carro todo quebrado e amassado na rua, e voltou a pé para a casa da ex mulher. Chegando na casa de novo, ele encontrou a Polícia Militar.

A vítima e o mecânico foram casados por 29 anos. Ela conta que durante esse temo foi agredida várias vezes. Os dois estão separados há quatro anos. Ela tem uma medida protetiva contra ele, mas o ex não respeita.

“Uma vez ele me deu um soco no olho, ficou roxo. Não chamei polícia, sempre deixava por menos. Ele é muito teiomoso”, completou a mulher.