Ceará é morto a pedradas em Pancas. População está assustada com o a quantidade de crimes

Genevaldo Sabino, o Inglês, e Reginaldo Nogueira da Silva (à direita)

A polícia militar registrou mais um homicídio em Pancas, pois neste domingo, 22/12/2019, Francisco Barroso do Nascimento, o Ceará, 27 anos, foi assassinado por volta das 20 horas,  a pedradas no Córrego São José Pequeno. Já são 9 crimes registrados pela polícia em 2019.

Segundo a Polícia Militar, a instituição recebeu uma informação dando conta que um corpo estaria em lugar ermo de uma propriedade rural. A denúncia destacou que houve uma discussão entre Ceará e dois outros homens, Genevaldo Sabino, o Inglês, 32 anos e Reginaldo Nogueira da Silva, 46 anos.

A denunciante relata que os dois homens mataram Ceará. Também, foi relatado que Inglês estaria com uma mochila de cor vermelha. Logo após, os PMs ficaram sabendo que os dois suspeitos estavam escondidos atrás de uma igreja.

Foi constatado que o indivíduo de apelido Inglês estava com a mochila vermelha, conforme foi relatado na denúncia. Ainda de acordo com a ocorrência da Polícia Militar, Inglês assumiu que matou Ceará.

O suspeito explicou que estava ingerindo bebida alcoólica com a vítima, quando Ceará o empurrou num barranco. Então, ele foi para sua casa e deixou Ceará no local. Posteriormente, segundo informações, Inglês informou que Ceará foi à sua casa e o chamou, mas ele não atendeu devido que a vítima estava com um chicote e um facão.

Ainda de acordo com a versão do suspeito, ele fingiu que não estava em casa, sendo que Ceará deixou o local. Logo após, Inglês matou Ceará a pedradas. Ainda de acordo com a PM, não foram encontrados o chicote e o facão que Inglês relatou que a vítima carregava consigo.

Inglês e Reginaldo Nogueira da Silva foram encaminhados à 15ª Delegacia Regional de Colatina, para os procedimentos cabíveis. Posteriormente, o caso volta para a Delegacia de Polícia Civil de Pancas.

Fonte: omestre