Alunos produzem obras em grafite em escola da Serra

Durante o processo foram usados como referência artistas como Picasso, Matisse, Monet, Ziraldo e outros.

O professor Érlon Ramos, da Escola Estadual de Ensino Fundamental (EEEF) Prefeito José Maria Miguel Feu Rosa, na Serra, lançou aos seus alunos o seguinte questionamento: A arte serve para quê?”. Esse foi o ponto de partida para um projeto que culminou em reproduções de pinturas famosas nos muros da escola.

Alunos e professor chegaram à conclusão que “a arte serve para a gente se expressar: alegria, dor, tristeza, crítica social, amor, amizade, e com isso muitas respostas foram surgindo”, explicou o professor.

Durante o processo, foram usados como referência artistas renomados como Picasso, Matisse, Monet, Ziraldo e outros. O passo seguinte, de acordo com Ramos, foi deixar que os alunos se expressarem através de desenhos, ou seja, da arte.

“Eu não interferi no processo de criação, eles tiveram total liberdade. Cada aluno fez um desenho. Concluída essa etapa, juntamos todos os desenhos e os dividimos em quatro painéis, um para cada turma. E foi assim que eles produziram quatro grafites maravilhosos nos muros da nossa escola”, afirmou.

Texto: Soraia Camata