O Boticário transforma lojas em Boti Recicla para gerar reflexão sobre o lixo que produzimos

Mudança destacou programa de reciclagem da marca e convidou clientes a se mobilizarem pela causa.

Por O Boticário

Você sabia que, em média, cada brasileiro produz um quilo de resíduos poluentes por dia? E que apenas 58% disso é reciclado da maneira correta?

Para você que também se incomoda com esses números e gostaria de ajudar a reduzi-los, O Boticário mudou, durante 20 dias, a fachada de três lojas para Boti Recicla. A alteração buscou divulgar o programa de reciclagem da marca, o maior em pontos de coleta do Brasil, e reforçar ainda mais a mobilização de todos pela causa.

Localizadas em shoppings de três Estados (Shopping Morumbi SP, Barra Shopping RJ e Salvador Shopping), as lojas tiveram as fachadas repaginadas. No lugar de novos produtos, as vitrines mostravam frascos, potes e bisnagas vazias. Os materiais estavam acompanhados de mensagens como “Em menos de um segundo, São Paulo produz uma vitrine de vidro como esta. Já parou para pensar para onde vai tudo o que você descarta? Se for cosmético, o Boti recicla”. O impacto causado pela mudança nas lojas levou muitas pessoas a refletir sobre o destino das embalagens e serviu como um grande convite a fazer parte desse movimento.

“Transformar nossa loja para trazer uma experiência de reciclagem é algo, sem dúvida, de grande impacto para um negócio como o nosso. Ao longo de 20 dias, tiramos nossa marca e os produtos de lançamento da vitrine de três lojas de grande fluxo. Mas fizemos isso por algo maior. Foi uma forma de reforçar o compromisso do Boticário pela busca de um futuro mais sustentável e mostrar nosso amor pelo espaço em que vivemos”, explica o diretor de comunicação do Boticário, Gustavo Fruges.

Criado em 2006, o Boti Recicla tem quase 4 mil pontos espalhados em 1.750 cidades brasileiras – ele chega em mais lugares do que a própria coleta seletiva de lixo consegue alcançar. O programa representa a preocupação do Boticário com o futuro e as próximas gerações, e busca ser, antes de tudo, um incentivo para que todos se mobilizem nessa causa.

E como você pode ajudar? Basta levar suas embalagens vazias de produtos de beleza de qualquer marca em uma das lojas O Boticário no país. Não tem data limite ou restrição de local: durante todo o ano, todas as mais de 3.700 lojas da marca no Brasil servem como postos de coleta. O programa Boti Recicla dá o destino correto para os frascos, doando as arrecadações para cooperativas de reciclagem credenciadas.

Cerca de 28 mil pessoas trabalham nos bastidores do programa, que conta com cerca de 30 cooperativas homologadas. Além das doações, o Boti Recicla realiza iniciativas que trazem capacitação para os cooperados, melhores condições de trabalho e contribuição de renda para mais de mil famílias.

A sustentabilidade é uma das grandes preocupações de O Boticário. Além do programa Boti Recicla, a marca tem iniciativas como a Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza, uma das principais instituições empresariais do país a atuar na conservação do meio ambiente, e é pioneira em criar alternativas para não testar produtos em animais – como as tecnologias pele 3D e organs on a chip, que simulam órgãos humanos. Em 2018, o Grupo Boticário atingiu a marca de 95% de resíduos reciclados em suas operações.

Além disso, diversas novas lojas de O Boticário são acessíveis, feitas com materiais reciclados, madeira certificada e ecoeficientes no uso de energia. Em algumas delas, as luminárias foram produzidas a partir de insumos vindos de embalagens de plástico vazias e devolvidas por meio do Boti Recicla.

Ações sustentáveis

Conheça mais algumas atitudes de O Boticário que ajudam o meio ambiente:

Malbec Club: frascos com 35% de vidro reciclado. No total, são utilizados mais de 180 toneladas de vidro reciclado por ano – o que equivale a mais de 700 mil frascos de Malbec.

Make B.: 87% de todos os cartuchos são feitos com papel reciclado. Além disso, o Boticário aumentou a quantidade de produto envasado e reduziu a espessura das embalagens, diminuindo mais de 60% a quantidade de plástico e papel utilizados na embalagem.

Nativa Spa: com as embalagens de PET reciclado, a marca incorporou, por ano, o equivalente a mais de 40 mil garrafas de refrigerante de 2 litros.

Cuide-se Bem: produtos em refil, mais econômicos e sustentáveis, com processo de fabricação 100% a frio, que possibilita um consumo baixo de energia. A linha também tem embalagens feitas com plástico vegetal, derivado da cana de açúcar. A cada quilo de plástico usado na fabricação da embalagem, evita-se a emissão de quatro quilos de gases de efeito estufa.