Nova Venécia terá audiência da Assistência

Iniciativa de Adilson Espindula, debate será realizado nesta quinta-feira, às 13 horas, na Câmara de Vereadores do município

Por Silvia Magna

Adilson Espindula
Adilson Espindula é o presidente da Comissão de Assistência Social / Foto: Tati Beling

Nova Venécia, no noroeste capixaba, vai sediar a última audiência pública deste ano da Comissão de Assistência Social, que vem dicutindo os avanços, conquistas, investimentos e retrocessos do setor no Espírito Santo. O encontro será quinta-feira (28), às 13 horas, na Câmara de Vereadores. Ao todo, 32 municípios foram convidados para o evento. 

Essa será a quarta audiência pública realizada pela Comissão de Assistência Social. Outros três encontros aconteceram em Santa Maria de Jetibá, Vitória e Cachoeiro de Itapemirim, englobando mais de 40 municípios. 

Com isso, o colegiado cumpre a meta de percorrer os dez polos de assistência social no Estado, contemplando, assim, os 78 municípios capixabas.

O objetivo é ouvir os gestores públicos dos municípios para conhecer os programas e projetos desenvolvidos e, com isso, trabalhar na execução de Políticas de Assistência Social.

A Comissão de Assistência da Ales é presidida pelo deputado estadual Adilson Espindula (PTB) e tem como vice-presidente o deputado estadual Dr. Hércules (MDB).

Para a audiência, proposta por Espindula, além de prefeitos, gestores públicos e representantes dos Legislativos municipais da região, foram convidados o governador Renato Casagrande; a vice-governadora Jaqueline Moraes; o secretário de Estado de Trabalho, Assistência e Desenvolvimento Social, Bruno Lamas Silva, o comandante de Polícia Ostensiva da Região Norte, coronel Evandro Teodoro de Oliveira; o comandante de Polícia Ostensiva da Região Noroeste, tenente-coronel Edmilson Batista Santos; e comandante do 2° Batalhão de Polícia Militar de Nova Venécia, tenente-coronel Mario Marcelo Dal Col. 

O convite para participar da audiência se estendeu a representantes dos seguintes  conselhos estaduais: Assistência Social (Elizeth dos Anjos); Segurança Alimentar e Nutricional (Rosemberg Moraes Caitano); Direitos da Pessoa com Deficiência (José Carlos Siqueira Junior) e Direitos da Pessoa Idosa (Augusta Scárdua).

O debate deve contar também com a participação do Colegiado de Gestores Municipais da Assistência Social, Centros de Referência de Assistência Social de municípios vizinhos, Associações de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apaes), Pestalozzi e Associação dos Amigos dos Autistas do Espírito Santo (Amaes).