Homem confessa que matou mãe a marteladas, no interior do Espírito Santo

Crime teria acontecido na madrugada de segunda-feira (4). O suspeito confessou o crime nesta quinta-feira (7). Uma mulher, cuidada pela mãe do suspeito, também morreu.

Corpo das duas mulheres foi encontrado dentro da casa onde mãe de suspeito trabalhava, no ES — Foto: Reprodução/ TV Gazeta
Corpo das duas mulheres foi encontrado dentro da casa onde mãe de suspeito trabalhava, no ES — Foto: Reprodução/ TV Gazeta

Por Junia Vasconcelos, TV Gazeta

Um homem é suspeito de ter matado a mãe a marteladas, de 54 anos, dentro da casa onde ela trabalhava, no bairro Lagoa Azul, em Piúma, no litoral Sul do Espírito Santo. Ele procurou uma delegacia em Cariacica, na Grande Vitória, nesta quinta-feira (7) e confessou o assassinato. O suspeito foi levado para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Xuri, em Vila Velha.

O crime teria acontecido na madrugada de segunda-feira (4). A vítima, Carmen dos Santos, era cuidadora. Ela foi encontrada morta em um quarto da casa onde trabalhava cuidando de outra mulher, Valdete Maria Cordeiro, de 52 anos. Valdete também foi encontrada morta em outro cômodo do imóvel, mas sem sinais de violência.

Os corpos das duas mulheres foram encontrados dentro da casa onde a mãe do suspeito trabalhava depois que o homem procurou a polícia para confessar o crime.

“A delegada Fernanda, da delegacia da mulher de Cariacica, me efetuou uma ligação na parte da manhã informando que o suspeito foi na delegacia falando que fez uma besteira e estaria arrependido do que fez”, contou o delegado de Polícia Civil David Santana.

Depois da confissão, os policiais conseguiram o endereço da casa e uma equipe foi até o local. Os policiais arrombaram a porta da residência e encontraram os corpos da mãe do suspeito e da mulher cuidada por ela.

Segundo a polícia, a mulher cuidada pela mãe do suspeito estava sem sinais aparentes de violência. Como ela era acamada e dependia da cuidadora, a polícia supõe que ela tenha morrido por falta de assistência.

Mulher é morta a marteladas por filho, em Piúma, ES — Foto: Reprodução/ TV Gazeta
Mulher é morta a marteladas por filho, em Piúma, ES — Foto: Reprodução/ TV Gazeta

 

Motivação

O suspeito morava em Cariacica, mas, de acordo com o depoimento dele para a polícia, há dez dias ele foi expulso de casa pela esposa por ser usuário de drogas. Foi depois disso que ele decidiu procurar a mãe.

O homem relatou que a mãe o abandonou quando ainda era criança e ele foi colocado para a adoção.

Homem mata a mãe a marteladas, em Piúma, no ES — Foto: Reprodução/ TV Gazeta
Homem mata a mãe a marteladas, em Piúma, no ES — Foto: Reprodução/ TV Gazeta

“Como ele mesmo relatou, ele tinha usado crack e deitou na casa onde a mãe trabalhava. No momento que ele viu um martelo, ele começou a programar o homicídio. No depoimento, ele demonstrou grande ódio em relação a mãe por ter abandonado ele e que isso foi nutrido até o momento que ele planejou o homicídio”, explicou o delegado.

Prisão

O suspeito foi autuado por duplo homicídio e levado para o Centro de Detenção Provisória de Xuri, em Vila Velha. Os corpos foram levados para o Serviço Médico Legal (SML) de Cachoeiro de Itapemirim.