Emendas de Majeski remanejam R$ 167 milhões para educação pública

Foto: Tati Beling/Ales

O deputado estadual Sergio Majeski (PSB) apresentou seis emendas ao Plano Plurianual 2020-2023 para garantir R$ 167 milhões em investimentos na educação pública capixaba.

A proposta do parlamentar remaneja recursos que o Governo do Estado pretende gastar em publicidade e propaganda (R$ 117 milhões) e na manutenção, reformas e melhorias dos palácios Anchieta e Fonte Grande e da residência oficial (R$ 50 milhões).

“São investimentos necessários, para sanar situações que tomamos conhecimento durante o trabalho que realizamos diariamente. Melhorar a infraestrutura das escolas, a capacitação dos professores, a inclusão e a formação dos alunos são essenciais. Não há como evoluir na qualidade do ensino público sem investir com eficiência e regularidade”, destaca o deputado Majeski.

Outras duas emendas apresentadas por Majeski destinam R$ 57 milhões para ampliar o quadro de defensores públicos no Espírito Santo, como orienta a Emenda Constitucional Nº 80.

Sendo aprovadas as emendas para investimentos na melhoria da educação, os R$ 167 milhões serão destinados para climatização das escolas da rede estadual; patrocínio da participação de alunos em competições esportivas e educacionais; promoção de condições de permanência aos estudantes de baixa renda do programa Nossa Bolsa; adequação das salas de recursos e realização de obras para a acessibilidade das escolas da rede; e ampliação do pró-docência, que é o programa de formação de professores em nível de pós-graduação (mestrado e doutorado).

Votação do PPA 2020-2023

A Comissão de Finanças da Assembleia Legislativa decidiu adiar para a próxima terça-feira (12), a discussão e a votação do parecer técnico relativo à proposta do PPA 2020-2023. Conforme o cronograma divulgado anteriormente pelo colegiado, em 7 de outubro, a análise do relatório seria neste 4 de novembro.