Comitê de Preparação da Crise atualiza informações sobre fragmentos de óleo no litoral capixaba

Foto: Paulo Sena

Com a chegada de fragmentos de óleo no balneário de Guriri, em São Mateus, no litoral norte do Estado, a Capitania dos Portos do Espírito Santo (CPES) convocou, na manhã deste sábado (9), uma coletiva de imprensa para atualizar as ações do Governo do Estado em resposta aos impactos decorrentes do derramamento de óleo que atingiu o litoral da região Nordeste.

O Comitê de Preparação da Crise, que se reúne desde o dia  14 de outubro, já iniciou o processo de mobilização das equipes para limpeza das praias e para ações de contenção, caso seja necessário. As equipes foram treinadas e estão prontas para atuarem no litoral norte capixaba.

Participaram da coletiva, representantes da Marinha do Brasil, do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), da Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Seama), do Instituto Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Iema) e da Defesa Civil Estadual.

Monitoramento permanente

O comando do 38º Batalhão de Infantaria do Exército Brasileiro também aguarda uma solicitação formal da Defesa Civil para atuar na região, em caso de necessidade. Já o Corpo de Bombeiros Militar do Espírito Santo disponibilizou 120 militares para atuar na região. O Comitê informou ainda que técnicos do Iema e do Ibama vão monitorar, de forma permanente, as praias do norte nos próximos dias.

“Nossa preocupação é com a biodiversidade e estamos priorizando a preservação dos estuários e os manguezais. As equipes do Comitê da Crise estão bem preparadas e engajadas para que tudo seja resolvido da melhor forma”, salientou o secretário de Meio Ambiente, Fabrício Machado.

O secretário enfatizou que os equipamentos de proteção individual (EPI´s) e materiais para recolhimento dos resíduos, que serão doados pela iniciativa privada, serão encaminhados para os locais onde possivelmente terão os primeiros impactos. Barris e recipientes para contenção dos resíduos coletados também estão sendo destinados para as áreas de combate ao óleo.

O Comitê de Crise possui um Plano de Ação com estabelecimento de funções, ações e organograma, pois há vários órgãos envolvidos, das três esferas públicas de poder, para as atividades. Está definido, no entanto, que o comando de todas as operações é definido pela Marinha.

Em relação aos resíduos de óleo encontrados na praia de Urussuquara, os mesmos estão sendo analisado pela Marinha. Não há condições de se afirmar neste momento que se trata do mesmo óleo que atingiu o litoral do Nordeste.

Nova reunião

O governador do Estado, Renato Casagrande, reassume o cargo na manhã deste domingo (10) e participa de uma nova reunião do Comitê de Preparação da Crise, no Palácio Anchieta, em Vitória.