Cidadania tem nova rodada sobre Iases

Reunião extraordinária será realizada nesta terça-feira, às 13 horas, no Plenário Judith Leão

Por Aldo Aldesco

Plenário com deputados de costas e convidados sentados
Tema foi discutido em reunião na última terça-feira (19) / Foto: Tati Beling

O debate sobre a falta de vagas e a qualidade de atendimento a crianças e adolescentes em conflito com a lei no Espírito Santo continua na Comissão de Defesa da Cidadania e dos Direitos Humanos. Reunião extraordinária acontece nesta terça-feira (26), às 13 horas, no Plenário Judith Leão, na Assembleia Legislativa. 

Para o encontro, foram convidados o secretário de Estado de Trabalho, Assistência e Desenvolvimento Social (Setades), Bruno Lamas; e a presidente do Conselho Estadual dos Direitos Humanos da Criança e Adolescente (Criad). Ambos não compareceram à reunião anterior, ocorrida na última terça-feira (19).

Também foram convidados o presidente da Associação dos Municípios do Espírito Santo (Amunes), Gilson Daniel Batista; o diretor-presidente do Instituto de Atendimento Socioeducativo do Espírito Santo (Iases), Bruno Pereira Nascimento; e os defensores públicos Hugo Fernandes, Camila Dória e Adriana Peres.

Na reunião anterior, foi consenso que o problema principal no atendimento é a falta de trabalho socioeducativo para os que estão atendidos em regime semiaberto ou de liberdade assistida. 

Fazem parte do colegiado Enivaldo dos Anjos (PSD) e Iriny Lopes (PT), respectivamente presidente e vice-presidente, respectivamente. Os deputados Delegado Lorenzo Pazolini (sem partido), Adilson Espindula (PTB) e Raquel Lessa (Pros) são membros efetivos. Na suplência estão Carlos Von (Avante), Freitas (PSB), Delegado Danilo Bahiense (PSL), Janete de Sá (PMN) e Renzo Vasconcelos (Progressistas).