Brasil x Coreia do Sul: onde assistir, escalações e arbitragem no último amistoso da temporada

Amistoso nos Emirados Árabes começa 10h30, com transmissão da Globo e tempo real no GloboEsporte.com. Sem vencer há cinco jogos, Seleção terá cinco mudanças

Por GloboEsporte.com
— Abu Dhabi, Emirados Árabes

A seleção brasileira faz o último amistoso do ano nesta terça-feira, às 10h30, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes. O time de Tite enfrenta a Coreia do Sul no estádio Mohammed bin Zayedem Abu Dhabi para fechar o ano com uma vitória, depois de cinco jogos amistosos sem vencer.

Vinda de derrota para a Argentina, em amistoso na última sexta-feira, na Arábia Saudita, a Seleção vai ter cinco mudanças. Desta vez, Tite abriu a escalação. O técnico vai manter Paquetá no meio e lança Coutinho na frente, com Richarlison. No meio de campo, a novidade é Fabinho, na vaga de Casemiro.

– Lodi entrou bem nos jogos. O Fabinho construiu essas etapas, quando entrou foi bem. O Paquetá é oportunidade de sequência. Richarlison prefere jogar de 9. Ter Coutinho de lado é voltar para onde mais produziu. Richarlison falou que na Seleção prefere jogar de 9 e está produzindo bem, é um jogador terminal, de capacidade de conclusão muito grande – justificou o treinador da Seleção.

Tite e Richarlison no último treino da seleção brasileira em Abu Dhabi — Foto: Pedro Martins / MowaPress

Tite e Richarlison no último treino da seleção brasileira em Abu Dhabi — Foto: Pedro Martins / MowaPress

A Coreia do Sul é a número 39 do ranking da Fifa, a terceira melhor colocada no continente asiático. Nas eliminatórias para a Copa de 2022, é líder do grupo H, com oito pontos (duas vitórias e dois empates). Na última rodada, vem de 0 a 0 com o Líbano, na última quinta-feira.

Transmissão:

A TV Globo transmite com narração de Luis Roberto, comentários de Roger Flores e Caio Ribeiro. Na Central do Apito, PC Oliveira. Com reportagens de Carlos Gil e Edgard Alencar.

No SporTV, Gustavo Villani narra a partida. Mauricio Noriega e Muricy Ramalho comentam. Com reportagem de Bruno Cortes.

Tempo real:

O GloboEsporte.com acompanha em tempo real, com vídeos exclusivos, e transmite ao vivo as entrevistas pós-jogo dos dois times.

AS ESCALAÇÕES

Brasil – técnico Tite

O técnico Tite promove cinco mudanças em relação à derrota contra a Argentina. A ideia é voltar com formação semelhante ao das eliminatórias. Por isso, Coutinho está de volta à posição que atuou em boa parte da campanha brasileira na classificatória para o Mundial 2022. Na frente, sai Firmino e entra Richarlison, atacante mais agressivo e de área. Diferentemente do atacante do Liverpool.

A provável escalação do Brasil para enfrentar a Coreia do Sul é: Alisson, Danilo, Marquinhos, Éder Militão e Renan Lodi; Fabinho, Arthur e Paquetá; Gabriel Jesus, Coutinho e Richarlison.

Brasil tem cinco mudanças em relação ao time que iniciou a partida contra a Argentina — Foto: GloboEsporte.com

Brasil tem cinco mudanças em relação ao time que iniciou a partida contra a Argentina — Foto: GloboEsporte.com

Coreia do Sul – técnico Paulo Bento

Ex-técnico da seleção portuguesa e com breve passagem pelo Cruzeiro (17 jogos, com seis vitórias, oito derrotas e três empates), o português Paulo Bento vai manter o time-base que empatou com Líbano por 0 a 0 pelas eliminatórias asiáticas, na última quinta. A provável escalação é: Seung Gyu Kim, Yong Lee, Min-Jae Kim, Young Gwon Kim, Jin-Su Kim; Woo-Young Jung, Hwang, In-Beom, Tae Hee Nam; Ui Jo Hwang e Heung-Min Son.

Arbitragem

Ammar Al Jeneibi apita a partida, auxiliado por Ahmed Al Rashidi, Jassem Abdulla Al Ali e Hamed Ali Yousef. Todos são dos Emirados Árabes.

Fonte: globoesporte.com

Veja mais sobre o capixaba Richarlison