Assembleia presta homenagem aos seus servidores

Solene nesta quinta-feira (31) destacou importância dos colaboradores do Legislativo Capixaba para a democracia e a cidadania

Por Wanderley Araújo

Solene em homenagem ao servidor da Assembleia
Solene em homenagem aos servidores da Ales foi nesta quinta (31) / Foto: Lissa de Paula

A importância dos colaboradores da Assembleia Legislativa (Ales) no fortalecimento da cidadania e da democracia por meio do apoio ao funcionamento da Casa foi destacada na noite desta quinta-feira (31) durante sessão solene em homenagem ao Dia do Servidor Público (28 de outubro).

No evento houve a entrega da Comenda José Maria Pimenta a servidores, aposentados e ex-servidores do parlamento estadual, com atuação de destaque nas atividades do legislativo capixaba. Pimenta é servidor aposentado da Casa, onde atuou por várias décadas auxiliando os deputados em suas atividades nas sessões plenárias.

Em discurso na tribuna, o presidente Erick Musso (Republicanos) destacou que os servidores da Ales, num exemplo de profissionalismo e dedicação ao serviço público, estão ajudando a Mesa Diretora a transformar o parlamento estadual no melhor do País.

Segundo Musso, parte das ações que integram o novo modelo de administração implantado por gestões da Mesa Diretora nos biênios 2017/2019 e no em andamento que se encerra em fevereiro de 2021 – os dois comandados por ele – está relacionada a serviços de atendimento ao cidadão.

“Implantamos o Espaço Assembleia Cidadã, onde estão reunidos órgãos públicos importantes, como o Procon, a Delegacia do Consumidor e a Procuradoria da Mulher”, frisou.

O presidente disse querer uma Casa cada vez mais aberta ao público e dentro desse contexto os serviços implantados aproximam a população, o que pode ser traduzido em números, pois mais de 10 mil pessoas já foram beneficiadas por esses atendimentos.

Erick citou ainda entre as inovações das novas gestões os programas Revisa Ales e Ales Digital que estão dando mais transparência tornando as leis mais eficientes e disponibilizando as informações no portal da Casa.

“A Assembleia Legislativa de São Paulo (uma comitiva) esteve aqui na Ales para conhecer de perto o que estamos fazendo; eles estão nos copiando”, disse. 

Melhorias funcionais

O deputado se manifestou também sobre o que considera melhorias importantes diretamente relacionadas aos servidores, entre elas o atendimento de uma pauta de 25 reivindicações, o que zerou os itens, e a implantação da rede wi-fi de internet, que é aberta também ao público em geral. O presidente anunciou que uma comitiva da Casa estará em Salvador no dia 22 de novembro num encontro nacional dos parlamentos estaduais em que haverá concursos envolvendo ações no âmbito das Assembleias Legislativas.

O Legislativo Capixaba estará concorrendo nas categorias de gestão, inclusão social e atendimento ao cidadão, conforme Erick, graças ao empenho dos servidores da Casa no auxílio às atividades políticas e administrativas.

“Vamos buscar os três prêmios; mas se ganharmos um ou dois já servirá para chancelarmos nossas ações em todo o Brasil”, avaliou.

Prestigiaram também a homenagem aos servidores da Ales os deputados Enivaldo dos Anjos (PSD), que foi o proponente, Delegado Danilo Bahiense (PSL), Torino Marques (PSL) e Janete de Sá (PMN).

O presidente do sindicato que representa os servidores (Sindilegis), Gildo Gomes, agradeceu pela homenagem prestada e disse que há um novo estilo no relacionamento entre os colaboradores da Ales e a Mesa Diretora.

“Houve época em que éramos impedidos de ficar na galeria do plenário, hoje temos sessão em nossa homenagem”, afirmou.

José Maria Pimenta declarou que é “sempre emocionante” voltar ao Plenário Dirceu Cardoso para a sessão solene de entrega da comenda que tem o nome dele. “Eu devo minha vida a isso aqui. Rever os amigos e presenciar a entrega dessa homenagem, que foi criada a pedido dos próprios servidores, é um presente maior ainda para minha própria pessoa”, frisou.

Defesa dos poderes

O presidente do Parlamento Estadual afirmou que, apesar do tom de confraternização do evento, não poderia deixar de se manifestar, em função do peso do cargo que ocupa, sobre “a fala infeliz de um deputado (Eduardo Bolsonaro)”, que afirmou no YouTube que “se a esquerda radicalizar a resposta pode ser via um novo AI-5 (Ato Institucional nº5)”.

“Quando a soberania nacional é colocada à mesa não pode haver coloração partidária”, advertiu o presidente da Assembleia Legislativa, sendo aplaudido pela audiência.

Erick acrescentou que “nada funciona nesse país sem o Poder Legislativo”, pois sem essa esfera de decisão não há Executivo, nem Judiciário, nem Ministério Público e nenhum órgão estatal funcionando de forma democrática e transparente.