Serra e Cachoeiro são as cidades com mais mortes no trânsito no Espírito Santo

Acidentes de trânsito causam em média quatro mortes por mês em Cachoeiro de Itapemirim, no Sul do Espírito Santo. Os dados são da Secretaria de Segurança Pública (Sesp) e mostram que a cidade registrou 32 mortes no trânsito de janeiro a agosto de 2019.

Veja acidentes na região

O número é menor se comparado ao mesmo período de 2018, mas revelam que os acidentes envolvendo motociclistas ainda aparecem no topo da lista. Para não entrar na estatística, o motoboy Marcelo Silva garante que pilota com a atenção redobrada.

“Tem que ter atenção. É muita atenção e muita calma. Um minutinho de bobeira é acidente na certa. Um perigo danado”, comentou Marcelo Silva.

O município de Serra, na Grande Vitória, lidera o ranking de mortes em acidentes de trânsito no Espírito Santo, com 52 óbitos registrados de janeiro a agosto desse ano.

O major da Polícia Militar, Carlos Palaoro, afirma que a imprudência é o maior causador de acidentes no trânsito, sobretudo o uso do telefone celular ao volante.

“Temos vários fatores, como a desatenção do condutor, a não obediência da sinalização e das regras de trânsito. Temos a situação de desatenção por usar o rádio do carro, pelo uso do celular. Temos muitos acidentes com motociclistas e situação de acidentes até entre motociclistas. Os fatores são diversos”, pontuou o major.