Pai observa comportamento estranho da filha e descobre que ela foi abusada pelo próprio avô em Barra de São Francisco

O genitor de uma menor que reside em um distrito de Barra de São Francisco, compareceu a  14ª Delegacia Regional francisquense para denunciar o crime contra os costumes reconhecido como estupro de vulnerável relatando que a cerca de seis meses sua filha vem apresentando comportamento estranho, com choros noturnos, dores abdominais e com dificuldades de andar de bicicleta.

De acordo com o pai ele desconfiou da situação e resolveu olhar a genitália e o ânus da criança o qual havia sinais de violência sexual. Que em seguida a criança foi levada ao Hospital onde o médico constatou várias alterações na criança alegando que fortes indícios indicavam  que tal fato tenha sido praticado pelo avô paterno, pois seria a única pessoa que a criança teria contato além do pai e da mãe.

Resultado de imagem para Leonardo Forattini Dutra.
Dr. Leonardo Forattini Dutra, Delegado titular da 14ª Delegacia Regional

Depois de se aproximar com mais calma e  de adquirir a confiança da criança  ela conseguiu falar com a avó materna que teria sido seu avô paterno o autor do abuso, dando assim conhecimento  as autoridades policiais  requerendo providências imediatas.

De acordo com o delegado de Polícia Civil, Dr. Leonardo Forattini Dutra, o avô da criança já está preso. “Pedimos o mandado e ontem mesmo ele foi preso“, disse o delegado ao SiteBarra.