Exposições, teatro e música deram brilho ao II Café Literário realizado por alunos da Escola João XXIII

“Literatura: a arte de desenhar e pintar com palavras.” (E. Pasqua)

Aconteceu no dia 18 de outubro, no CEEMTI João XXIII, Barra de São Francisco, o segundo Café Literário. Estiveram envolvidas no projeto todas as 15 turmas da escola, totalizando 423 alunos sob a orientação das docentes Elizangela, Eullivany, Gislene, Géssica e Maghally, Língua Portuguesa; Marcella, Arte  e Sérgia, Língua Espanhola.

O projeto é a concretização de um desejo de tornar a literatura objetivo de interesse dos estudantes com forma de propagação da arte e cultura. A culminância do trabalho foi realizada na Semana Literária (18/10), entretanto o evento foi reflexo do trabalho realizado pelos envolvidos durante todo o ano.

O evento também foi abrilhantado com a exposição das obras poéticas produzidas pelos discentes Reinald Carlos Saar, 2ª Série 03; Priscila Leandra Mendes Pereria, 1ª Série 06, e as gêmeas Fernanda Ramalho de Freitas e Renata Ramalho de Freitas, da 1ª Série 01. Nesse sentido, o aluno Reinald enfatiza: “Expor meus poemas foi uma experiência incrível, pois tive a sensação de viver de poesia. O Café literário também é uma oportunidade de meus colegas sentirem a emoção de serem personagens e viverem a literatura”.

Além de exposições, foram apresentados teatros e músicas, sempre como foco nas escolas literárias. Todo o projeto foi pensado na fundamental relevância de que a literatura seja objetivo de interesse e prazer dos discentes e, nesse viés, o projeto “Café Literário” é o momento no qual, tanto alunos quanto professores, vivenciam a arte literária, pois, ao aprofundar esse conhecimento, os discentes se tornam personagens e autores tornando a arte viva em cada fala e brilho nos olhos dos nossos artistas/estudantes ou estudantes/artistas.