Empresa de café solúvel vai injetar US$ 60 milhões no Espírito Santo e deve gerar mais de 1000 vagas de emprego

O Espírito Santo vai receber R$ 60 milhões de dólares, que serão investidos por uma empresa de café solúvel. A pedra fundamental da segunda fábrica da Café Cacique (a primeira está sediada em Londrina) será implantada no município de Linhares. A inauguração está prevista para o dia de 25 de outubro. Ao todo, 1.100 vagas de empregos devem ser geradas.

O secretário de Estado, Marcos Kneip, disse que a empresa já adquire parte da produção de café do estado e que agora vai buscar novos fornecedores locais que, segundo ele, fortalece a cadeia produtiva local, gerando mais renda e oportunidade aos capixabas. Já o diretor comercial da empresa investidora, Pedro Guimarães, afirmou que a previsão para a conclusão da primeira etapa é para o ano de 2021.

Além disso, o diretor comercial explicou que o acordo Mercosul e União Européia contribui para acelerar os investimentos, tendo em vista que a taxa de importação é reduzida. “O acordo entre Mercosul e União Européia nos fez acelerar os investimentos. A União Européia é um mercado extremamente importante e o segundo principal destino das exportações de nossa empresa. A previsão é que o mercado brasileiro de café solúvel aumente em 35% suas exportações para o continente europeu nos próximos cinco anos”, ressaltou Guimarães.

A nova unidade será construída na Rodovia Governador Mário Covas, km 160 da BR 101, bairro Bebedouro, numa área de 500 mil metros quadrados.

Empregos

Ainda segundo Pedro Guimarães, 300 empregos serão gerados durante a fase de construção. E quando a empresa começar a operar, em 2021, mais 800 novos postos de trabalho, diretos e indiretos, serão criados. A previsão é que a empresa tenha capacidade para 12 mil toneladas de café solúvel por ano, segundo Guimarães.