Emoção marca Sessão Solene em comemoração ao Dia do Médico em Barra de São Francisco

A Câmara Municipal de Barra de São Francisco-ES, esteve nesta sexta-feira dia 18, Dia do Médico, realizando uma sessão solene quando rendeu homenagens aos profissionais da área da medicina que se destacaram ao longo dos anos, por suas passagens pelo município. A Sessão Solene  marcada para ter início às 18 horas sofreu atrasos em decorrência de que muitos dos homenageados estavam de plantão e outros a caminho.

Quando iniciada, após a composição da mesa de trabalhos, composta pelos vereadores Juvenal Calixto, Admilson Brum, Huander Bofe, Paulinho do Hospital, Lemão Vitorino e José Valdeci, recepcionaram ainda o vice-prefeito Denilson Wanderlei, o secretário municipal de Saúde, Zulagar Dias Ferreira, médicos Dr. Antonio Fernando dos Santos e Aloysio Ribeiro Alves, pastores André e Augusto Cortes, além da esposa do presidente da Casa Franchesca Cortes Calixto.

As homenagens foram mescladas pelos atuais profissionais em serviço e aqueles que deixaram legado de trabalho no município. Entre tantos agraciados com o Diploma de Honra ao Mérito: (in memoriam) Dr. Pedro Tallis Cruz Paes, Dr. Francisco Odonozor de Oliveira Cunha, Dr. Alceu Melgaço, Dra. Rita de Cássia, Dr. Marcos Avelar, Dr. Merçon Vieira, Dr. Arlindo Oliveira e Dr. Orlando Barreto.

Veja também: Câmara presta homenagens in memoriam a médicos que por Barra de São Francisco

O vereador Juvenal Calixto Filho, destacou que ao longo dos anos, depois da emancipação político-administrativa do município francisquense, foram inúmeros os profissionais médicos que por aqui passaram e que deixaram um legado para as futuras gerações.

“Nós não podemos esquecer que muitos foram os heróis de um tempo em que a medicina não contava com os avanços atuais e foram estes heróis e heroínas, que salvaram vidas no antigo Hospital Drª Rita de Cássia, hoje Dr. Alceu Melgaço”, justificou o parlamentar.

O médico José Cipriano ficou encarregado de repetir solenemente do Juramento de Hipócrates, acompanhado por todos os colegas presentes. Ele foi homenageado também por ser um dos mais antigos em atividade e coube a ele discursar após a fala do colega Aloysio Alves que representou toda a classe, bem como o vereador Paulinho do Hospital que representou os vereadores.

Em seu discurso, José Cipriano destacou as dificuldades de quando aqui iniciou os trabalhos de atendimento da população. Relembrou que apenas existia a Casa de Saúde São Francisco (dele) e a Casa de Saúde Santa Mônica do Dr. Pedro Tallis. Enalteceu que depois da vinda do Dr. Paulo anestesista, as coisas melhoraram e o atendimento no Hospital Dra. Rita de Cássia, possibilitou a realização de cirurgias, pois antes, o médico tinha de anestesiar e operar ao mesmo tempo.

Disse e cobrou que hoje é inadmissível ver que o município e a região ainda não tenha uma Unidade de Hemodiálise, o que leva os pacientes a buscarem atendimento em Colatina. Segundo José Cipriano, Colatina por deter mais poder político, mantém sua unidade de atendimento, fato que ele lamenta, já que a região noroeste em seu extremo, deveria já contar com tal unidade de atendimento, para socorrer estes pacientes que ficam sem opções.

Ele visivelmente emocionado, agradeceu aos vereadores e em especial ao presidente Juvenal Calixto, afirmando que durante a sua jornada de quase 50 anos de trabalho, jamais alguém ou instituição política havia se lembrado da classe médica. Destacou estar imensamente grato pelas homenagens e sentir-se muito feliz pela lembrança.

O presidente Juvenal Calixto ao término da sessão, agradeceu as manifestações de agradecimento pela realização. Disse que a classe médica já merecia há muito tempo tal homenagem e que esta foi possível acontecer graças ao empenho de funcionários da Câmara Municipal e de profissionais médicos que ali compareceram para serem com toda justiça homenageados pelo Legislativo.