Detranzinho leva ações educativas a mais de 3 mil alunos no Norte do Espírito Santo

Mais de 3 mil alunos de 13 escolas do município de Pinheiros participaram durante toda esta semana de atividades educativas de trânsito com o foco no respeito à faixa de pedestres, o uso do cinto de segurança, não uso do celular ao volante, entre outras questões. A ação foi realizada pelos agentes de educação do Detranzinho, espaço de educação do Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran|ES).

Participaram das atividades as escolas EMEF Juracy Cardoso Viana, CMEI Jaqueline Pinheiro Jantorno, EMEF São Jose do Jundia, CMEI Casinha Feliz, EMEF Governador Lindernberg, EMEF Vila Nova, CMEI Alcyone Foneca Brasil Oliveira, EMEF Jose Pinheiro, CMEI Padre José de Anchieta, CMEI Carrossel, EMEIEF Augusto Ruschi, EMEF Dr. Emir de Macedo Gomes e CMEI Antonio Alves Fernandes.

A ação, realizada pela equipe do Projeto “Detranzinho Itinerante”, teve início na segunda-feira (21) e contou com uma série de atividades lúdicas, desenvolvidas de acordo com a faixa etária dos alunos como contação de história, teatro de fantoche, Transitolândia e roda de conversa, todas com a temática do trânsito.

As atividades foram realizadas em parceria com a Secretaria Municipal de Educação com o objetivo de conscientizar os estudantes e incentivá-los a adotar comportamentos seguros no trânsito e transmitirem esse conhecimento para seus familiares.

Trânsito mais seguro

A professora da EMEF “Jose Pinheiro”, Marliene Balbino, destacou o impacto desse tipo de ação com os alunos. “As atividades proporcionam um aprendizado importante sobre a conduta que deve ser adotada no trânsito que as crianças podem levar para os seus pais, além de garantir a vivência das crianças com o trânsito ao longo do seu desenvolvimento com atividades lúdicas e dinâmicas”, disse.

Depois de participar das atividades, a estudante Camily dos Santos Oliveira, de 4 anos, falou sobre o que entendeu. “Eu aprendi que o que foi falado vai me ajudar no dia a dia. Vai me ensinar a prestar atenção ao atravessar a rua, sinalizando com o braço para que os carros parem. Aprendi também que não pode beber e dirigir, que tem que respeitar as pessoas e a sinalização”, contou.

O coleguinha dela, Lucas da Silva, também de 4 anos, acrescentou sobre o perigo de usar o celular ao volante. “Não pode usar o celular quando está dirigindo, porque ele distrai o motorista, e pode causar um grave acidente”, pontuou.

A gerente de Educação de Trânsito e Estatística do Detran|ES, Sheila Silverol, ressalta que a equipe realiza constantemente ações educativas em escolas de todo o Estado para alertar os estudantes para a necessidade de sempre adotar comportamentos seguros no trânsito e, assim, contribuir para a redução do número de acidentes.

“Nós buscamos interagir com as crianças e jovens, fazer com que elas nos contem como seus pais ou responsáveis são no trânsito. Elogiamos aqueles que agem corretamente e orientamos quando elas nos relatam comportamentos que podem colocá-los em risco nas vias e rodovias, no intuito de modificar hábitos negativos das pessoas de seu convívio. Elas acabam atuando como multiplicadoras na educação para o trânsito”, explicou a gerente.

Detranzinho nas cidades

Os municípios que tiverem interesse em levar as ações de educação de trânsito do “Detranzinho Itinerante” para suas escolas devem fazer a solicitação por meio de oficio endereçado à Diretoria Técnica. O documento pode ser protocolado na sede do Departamento, em Vitória, ou em qualquer Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran) ou Posto de Atendimento Veicular (PAV) no Estado, ou enviado para o e-mail da Coordenação de Campanhas Educativas e Projetos Especiais do Detran|ES: cocep@detran.es.gov.br.

Para obter outras informações, os interessados podem entrar em contato pelo telefone (27) 3315-1597.