Estátua gigante de Buda vira atração no Espírito Santo

Por Érika Carvalho, TV Gazeta

Uma estátua gigante de Buda está sendo construída no Mosteiro Zen Budista em Ibiraçu, no Norte do Espírito Santo. A construção tem 33 metros de altura, o equivalente a um prédio de 10 andares.

Para monges que atuam no local, o conceito de felicidade está diretamente ligado a religião. Assim, como uma forma de demonstração de fé, os butaneses resolveram construir a maior estátua de Buda do Ocidente. Ela vai pesar 350 toneladas e a previsão é que fique pronta em 2020.

Estátua gigante de Buda mede 33 metros de altura em Ibiraçu, Norte do ES — Foto: Reprodução/TV Gazeta
Estátua gigante de Buda mede 33 metros de altura em Ibiraçu, Norte do ES — Foto: Reprodução/TV Gazeta

A ideia do monumento gigante é mostrar o Buda como um ser iluminado. Em volta, ficam outras oito imagens de Buda, que medem 2,5 metros de altura.

“Impressiona bastante pelo tamanho e por ser algo diferente da cultura com a qual nós estamos acostumados. É uma coisa muito diferente e eu me sinto quase em uma Tailândia ou na China”, disse o autônomo Otávio de Faro, que visitou o lugar e ficou encantado com o aprendizado.

A auxiliar de administração Glaucineia de Souza saiu de Cariacica, a 80 quilômetros de distância de Ibiraçu, apenas para conhecer a grandeza do monumento. “Achei bem interessante, bem bacana. Acho que é um dos maiores budas daqui. Achei massa”, afirmou.

Estátua chama a atenção de quem passa às margens do km 217 da BR-101 — Foto: Reprodução/TV Gazeta
Estátua chama a atenção de quem passa às margens do km 217 da BR-101 — Foto: Reprodução/TV Gazeta

O monge Kendo Bitti explica que o mosteiro funciona baseado em três pilares: espiritual, cultural e a educação socioambiental. A intenção é que, mesmo que inicialmente apenas por curiosidade, moradores da região e turistas visitem o local para adquirir mais conhecimento sobre a religião.

“A gente recebe cerca de 100 crianças por semana e aqui eles estudam temas como a relação do eu com o outro, a vida em comunidade e concentração. No programa espiritual, a gente realiza cerca de cinco retiros por ano e qualquer pessoa pode participar. No âmbito cultural, artistas vêm para cá, se submetem a um processo seletivo e desenvolvem seus trabalhos”, disse Kendo Bitti.

Visitantes podem fazer meditações no mosteiro — Foto: Reprodução/TV Gazeta
Visitantes podem fazer meditações no mosteiro — Foto: Reprodução/TV Gazeta

O Mosteiro Zen Budista está aberto para visitação somente aos domingos das 8h às 11h, e lá é possível ter uma rotina de meditação entre outras atividades. Ao longo da semana, as visitas são destinadas às escolas.