ES: mulher é acusada de matar marido para receber seguro

Acusada de matar o marido para receber o seguro de vida dele, Adriana Simora Heuller, de 38 anos, foi presa na última quinta-feira (12), no bairro Campo Grande, em Cariacica. A polícia aponta que ela foi a responsável por matar, Marcio Wargnin de Jesus, 48 anos. O crime aconteceu no dia 30 de maio no bairro Costa Dourada, na Grande Jacaraípe, em Serra.

O corpo de Marcio foi encontrado em uma região com muita mata, localizada na Rodovia Audifax Barcelos. Ele estava apenas de cueca e com várias perfurações realizadas com uma faca. Na época do crime, foi a própria mulher que na ocasião liberou o cordo do marido, mas logo em seguida ela desapareceu.

Márcio e Adriana eram casados há dois anos. À polícia, uma testemunha disse que, antes de matar o marido, Adriana teria a procurado pedindo que assassinasse Márcio, em um falso assalto.

VESTÍGIOS DO CRIME

Foto: Divulgação / Polícia Civil

Adriana foi presa pela polícia enquanto estava em casa. O que chamou a atenção dos peritos é que local estava extremamente limpo, e depois de um exame foi concluído que até os móveis foram trocados de lugar para mudar a cena do crime.

Por meio de um reagente, a polícia encontrou amostras de sangue na residência. O laudo concluiu que havia sangue de três pessoas no local: da vítima, de uma mulher e um homem, o que leva a polícia a acreditar que uma segunda pessoa teria ajudado Adriana a matar o marido e carregar o corpo até a rodovia.

A Polícia Civil continua investigando caso.

* Com informações da repórter Nathália Munhão, da TV Vitória / Record TV.