ES: idosa que esperou mais de 2h em fila de banco ganha indenização na justiça

Uma idosa foi indenizada por ter ficado mais de duas horas na fila de um banco no Espírito Santo. Por lei, o atendimento de idosos é prioritário. A mulher esperou por duas horas e 16 minutos, segundo o processo.

A juíza que decidiu a sentença estipulou uma indenização de R$ 2 mil. Na decisão, ela considerou que houve falha na prestação de um serviço bancário e que o transtorno “extrapolou os dissabores cotidianos da vida”.

O banco ainda pode recorrer.