Desvendado o mistério: Suspeito de cometer crime contra idosa em Ecoporanga se entrega a polícia

Desvendado o mistério em relação ao assassinato da idosa Maria de Lurdes, mais conhecida como Maria Moça, ela que residia no distrito de Imburana, interior de Ecoporanga. Na tarde desta terça-feira, 17 de setembro de 2019, o suspeito pela prática do crime, Alan de Vete, 25 anos, morador do distrito de Imburana, se entregou a  polícia juntamente com seu advogado.

O delegado de Ecoporanga Leonardo Amorim informado pelo advogado que o suspeito iria se entregar, foi até o distrito onde aconteceu o crime e deu voz de prisão a Alan.

Alan foi conduzido para a delegacia de Ecoporanga, foi interrogado pelo delegado, e ele assumiu sua participação no crime.

O crime ocorreu na manhã de domingo, 15 de setembro de 2019, no distrito de Imburana, interior de Ecoporanga, aonde a idosa de 73 anos, foi encontrada morta com sinais de tortura dentro de sua residência.

A Polícia Militar que esteve no local, informou que a idosa aposentada morava sozinha, e foi encontrada sem roupa em cima de uma cama com sinais de estupro e um corte profundo no pescoço, a residência ficou toda ensanguentada.

A vítima Maria Moça era muito conhecida no distrito, uma pessoa de bom coração, há suspeita era de que o assassino entrou na residência para praticar roubo. Testemunhas chegaram a dizer que dentro da geladeira da residência estava cheia de sangue e o criminoso comeu alimentos que estava dentro dela.

Fonte: agitaeco