Campanha ‘Vamos Dar as Mãos’ alerta sobre prevenção de suicídio de crianças e adolescentes

A Secretaria de Justiça e Cidadania do Distrito Federal (Sejus), através do programa DF Criança, lançou a campanha Setembro Amarelo: Vamos Dar as Mãos?, com objetivo de conscientizar a sociedade sobre a depressão entre crianças e adolescentes e incentivar a percepção e o acolhimento deste público.

O projeto DF Criança tem como objetivo enfrentar a violência e o abandono de crianças e adolescentes em seu contexto familiar e social. A subsecretária de Políticas Públicas para Crianças e Adolescentes da Sejus, Adriana Faria, lembrou da importância de se escutar o público da campanha: “é uma campanha de conscientização, para ampliar a escuta de crianças e adolescentes, contra o suicídio em uma forma de abrir novos caminhos, para essas crianças e adolescentes”.

Na próxima terça-feira (10) é o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio, lançado em 2003 pela Organização Mundial da Saúde (OMS). De acordo com o organismo das Nações Unidas, nove em cada dez suicídios podem ser evitados. Dados da OMS indicam que 32 pessoas se matam por dia no Brasil. No mundo, há uma morte do tipo a cada 40 segundos.

Sobre o suicídio

O suicídio é um problema de saúde pública que mata pelo menos um brasileiro a cada 45 minutos, mais do que a Aids e muitos tipos de câncer, porém pode ser prevenido em 9 de cada 10 casos.

Programa Saúde Nota 10

Esta semana o Diretor do Hospital de Barra de São Francisco, Gustavo Lacerda, estreou na Rádio Clube FM um programa semanal para levar informação de qualidade para os ouvintes. A proposta do Programa Saúde Nota 10 é entrevistar profissionais de saúde da região, sobre temas diversos.

No primeiro dia do programa, Gustavo Lacerda recebeu o Padre Maicon, a Psicóloga Selma Rosa e a Psiquiatra Cínthia Lacerda.O tema escolhido foi Prevenção ao Suicídio.

O programa será toda segunda, a partir das 13 horas. Para participar o ouvinte pode enviar mensagem de Whatsapp para o número (27) 99917-1794.

Abaixo o vídeo do primeiro programa. Vale a pena assistir.