A cada 45 minutos um brasileiro tira a própria vida

Esse número já deveria ser suficiente para estimular as pessoas a se mobilizarem pela prevenção dessas mortes precoces, mas, apesar dos avanços, os tabus, preconceitos e vergonhas ainda são adversários nessa luta.

Durante todo o mês de setembro diversas ações serão vistas em todo o Brasil, em um movimento chamado de Setembro Amarelo, para chamar a atenção da população para esse problema, sendo 10 de Setembro o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio.

Prevenção

O suicídio é um assunto complexo, pois ninguém se mata por um único motivo, mas a prevenção é possível e algumas ações podem ser feitas por todas as pessoas”, comenta a voluntária e porta-voz do CVV, Leila Herédia. Segundo Leila, permitir que as pessoas desabafem e falem sobre seus sentimentos sem receber críticas é um meio de evitar que se busque na morte a solução para suas dores.

A morte em si já é um tabu. Morte por suicídio é ainda mais complicado, pois toca em questões de escolhas, crenças e barreiras sociais”, explica a voluntária ao comentar os motivos da falta de divulgação e debate sobre o assunto.

Sobre o suicídio

O suicídio é um problema de saúde pública que mata pelo menos um brasileiro a cada 45 minutos, mais do que a Aids e muitos tipos de câncer, porém pode ser prevenido em 9 de cada 10 casos.

Programa Saúde Nota 10

Esta semana o Diretor do Hospital de Barra de São Francisco, Gustavo Lacerda, estreou na Rádio Clube FM um programa semanal para levar informação de qualidade para os ouvintes. A proposta do Programa Saúde Nota 10 é entrevistar profissionais de saúde da região, sobre temas diversos.

No primeiro dia do programa, Gustavo Lacerda recebeu o Padre Maicon, a Psicóloga Selma Rosa e a Psiquiatra Cínthia Lacerda. O tema escolhido foi Prevenção ao Suicídio.

O programa será toda segunda, a partir das 13 horas. Para participar o ouvinte pode enviar mensagem de Whatsapp para o número (27) 99917-1794.

Abaixo o vídeo do primeiro programa. Vale a pena assistir.