Julgamento de homem que matou francisquenses em acidente será na segunda

Por Weber Andrade

Um dos assaltantes que mataram duas pessoas de Barra de São Francisco em abril do ano passado vai a julgamento em Mantena (MG) nesta segunda-feira, 26. Yuri Hesmildolf Seiff Edine, foi pego pela Polícia Militar mineira após um cerco na região e está preso até hoje mas não revelou o nome do comparsa, que continua foragido.

Os assaltantes roubaram a caminhonete do mantenense Edinho Contador, no domingo, 22 de abril do ano passado, no bairro Vila Nova e, em fuga, perderam o controle do veículo, nas proximidades do lagoas Bar, na BR 381, perto de Mantena, e bateram de frente em um Golf, de Barra de São Francisco, com cinco pessoas dentro. O impacto foi tão forte, que duas pessoas, Miriam Sabino e Edmar Santos de Paulo, morreram na hora.

Os assaltantes conseguiram fugir do local a pé sem prestar socorro às vítimas e se embrenharam ao matagal nas proximidades do Lagoas Bar.

Irmã de Miriam e esposa de Edmar a cabeleireira Marta Sabino Rodrigues, conhecida como Martinha do Salão, foi socorrida com vida juntamente com o seu filho e uma sobrinha, filha de Miriam. Ela postou mensagem nesta quarta-feira, 22, nas redes sociais, pedindo o apoio da comunidade francisquense para uma manifestação pacífica na porta do Fórum de Mantena, na manhã de segunda-feira, a partir de 9h.

“Não desejo o mal para ele, apenas confio na justiça divina e na da terra. Hoje eu choro, amanhã podem ser outras famílias a perder uma mãe, um pai, seres insubstituíveis na vida dos filhos e em nossos corações também. Nossas vidas nunca mais serão as mesmas. Você que nos ofereceu apoio e que não estiver trabalhando, se puder comparecer no fórum na segunda-feira, às 9h, por favor, entre em contato conosco”, convoca a cabeleireira.

Relembre o caso

Tristeza e emoção marcam velório e sepultamento de Mazio Eletricista e Miriam Sabino em Barra de São Francisco

Dois moradores de Barra de São Francisco morrem em acidente em Mantena