Grupo de pastores quer o fim do feriado do Dia do Evangélico em Barra de São Francisco

Um grupo de pastores evangélicos, ligados à Associação de Ministros Evangélicos – AME, quer o fim do feriado do Dia do Evangélico em Barra de São Francisco.

Alguns vereadores já foram procurados para que coloquem em votação o projeto acabando com o feriado, que é no dia 31 de outubro.

O vereador Wilson Pinto das Mercês (Mulinha) só concorda com o fim do feriado se for algo que atenda a maioria e não apenas um grupo isolado de pastores. “Se for a vontade da maioria da população votarei a favor, caso contrário vamos respeitar a lei atual, que determina o feriado neste dia“, disse Mulinha ao SiteBarra

Em 2018, a AME procurou a câmara para acabar com o feriado, mas não obteve sucesso. Na ocasião, representantes da AME diziam estar sofrendo acusações por parte de alguns comerciantes, alegando que os evangélicos, através da associação, têm atrapalhado o comércio no município com esse feriado.

Nesta reunião de 2018, vereador Mulinha disse que era terminantemente contra o cancelamento do feriado, tendo em suas alegações que existem diversos feriados católicos que são respeitados por todos, e que se é para acabar com o do dia 31 de outubro, acha justo também que se cancele o feriado do dia 04 de outubro (Dia de São Francisco de Assis, padroeiro da cidade), visto que o dia de emancipação política administrativa do município é na data 31 de dezembro. Disse também que não tem nada contra os católicos, mas que os evangélicos devem ser respeitados, no dia dedicado a eles. Veja aqui

O Projeto

No final do ano de 2013, foi aprovada na Câmara Municipal de Barra de São Francisco, a LEI N° 0508/2013, que estipulou o dia 31 de outubro como feriado municipal do Dia do Evangélico Francisquense.

Segundo a justificativa da lei, o objetivo  é reconhecer a importância deste segmento na sociedade francisquense e as suas ações em prol da população, que ultrapassam os limites da evangelização.

Veja aqui mais sobre o Dia do Evangélico

Projeto anterior

Dia do Evangélico é um Projeto Lei de autoria do ex-vereador Paulo Edson e a data era o dia 15 de novembro.

Em 2013, o então vereador Jessui da Cesan apresentou um Projeto Lei mudando a data para o dia 31 de outubro. O projeto foi aprovado por unanimidade pela Câmara Municipal.

Av. Jones dos Santos Neves, centro de Barra de São Francisco, 31 de outubro de 2018 – Dia do Evangélico. Foto: Gabriel Lucas / SiteBarra

Comércio

Em seu primeiro ano de comemoração, em 2014,  surgiram várias críticas de alguns comerciantes, justificando que o mesmo poderia acarretar em prejuízos financeiros.

Na ocasião, surgiu também um boato de que o dia 31  na verdade seria ponto facultativo e não um feriado propriamente dito. Quando a data foi se aproximando, a CDL e a prefeitura esclareceram as dúvidas sobre o feriado. Todo o comércio obedeceu a lei, e não abriram as portas.

Lembrando que o comércio que desobedecer a lei está sujeito a multa, aplicada por fiscais do Sindicato.

Av. Jones dos Santos Neves, centro de Barra de São Francisco, 31 de outubro de 2018 – Dia do Evangélico. Foto: Gabriel Lucas / SiteBarra

Cidades vizinhas

O feriado do Dia do Evangélico é comemorado no dia 31 de outubro em mais de 40 cidades do Estado do Espírito Santo.

No dia 31 de outubro também é comemorado o Dia do Evangélico em cidades vizinhas, como Nova Venécia e São Gabriel da Palha. Em Ecoporanga, o feriado é 30 de novembro.

Dia Nacional

A data do Dia Nacional do Evangélico é 30 de novembro e algumas cidades pelo Brasil adotam este dia como feriado.