Autoridades e CDL buscam solução para problemas de trânsito em Barra de São Francisco

A vereadora Zirene Surdini Valli (MDB), convocou comerciantes e autoridades municipais para discutirem novamente a questão do trânsito de Barra de São Francisco. O encontro aconteceu pela manhã desta quinta-feira (15), nas dependências da CDL – Câmara de Dirigentes Logistas.

O prefeito Alencar Marim (PT) e o presidente da Câmara Municipal, vereador Juvenal Calixto (SD), estiveram marcando presença, além dos vereadores Huander Boff (PSB) e Zilma Matos (PT). Vários comerciantes e entre eles o presidente da Apae Demerci Galimberti, o diretor executivo da CDL Ilton Oliveira e o presidente do órgão Elias Mauricio, Felipe Faustino do complexo de rádios e representantes da ANPO.

Vereadora defende entidades assistenciais comandando estacionamento

A vereadora Zirene, sugeriu mais uma vez que a falta de estacionamentos na cidade tem prejudicado tanto a geração de renda como a de empregos. Segundo a parlamentar, espaços ociosos como onde será construída a Estação Rodoviária, servem para amenizar as dificuldades encontradas pelos consumidores, os quais não encontram vagas para seus veículos.

Zirene, exemplificou a ação da possível utilização daquele espaço, a exemplo do que acontece em Santa Maria de Jetibá, onde a Apae ganhou o direito de explorar área de estacionamento no perímetro central da cidade. Para ela, a Apae e a Associação dos Portadores da Sindrome do Autista, poderiam gerenciar e administrar o espaço, resolvendo assim em parte, os problemas verificados nos últimos anos, relacionados a inexistência de vagas suficientes para atendimento do público consumidor.

Prefeito acena com possibilidade

O prefeito Alencar Marim, disse que a estação rodoviária deverá ser construída em parceria com o governo do estado, mas não precisou uma data. Ele atribuiu que o espaço poderá ser ocupado, desde que ocorra dentro da legalidade e para tanto, sugeriu que irá solicitar de sua assessoria jurídica, como deverá proceder nesta questão. “Pelo menos até dezembro deste ano com toda certeza podemos agilizar este procedimento pelo menos em boa parte dos quase 2,5 mil m² daquela área”, justificou.

Presidente quer agilidade

Quanto ao presidente da Câmara vereador Juvenal Calixto, este disse que as demandas decorrentes do trânsito local, passam em cerca de 97% das ações, sob a responsabilidade do Executivo Municipal. “Nós entendemos que é necessária uma ação emergencial e outras que diminuam tais problemas, tanto que o Poder Legislativo, tem interesse em fazer sua parte e buscar soluções adequadas e plausíveis, o mais rápido possível”, justificou.

Comerciante lamenta

Rosane Aredes que está estabelecida no ramo de calçados e acessórios, disse que a falta de estacionamentos tem levado muitos a desistirem de seus negócios e ela própria já pensou na questão. Segundo ela, recentemente várias clientes de sua loja haviam ligado ao seu estabelecimento para informar que não haviam encontrado vagas para estacionar praticamente em nenhum lugar no centro da cidade. “Nós estamos assustados com esta situação que se arrasta por um longo tempo”, desabafou.

Ao final do encontro, a vereadora Zirene Valli , proponente do encontro, disse que estará apresentando em breve na Câmara Municipal indicação com detalhes para a possível utilização do espaço destinado para a rodoviária. “Nós sempre estaremos atentas as demandas do comércio e sempre nos colocamos a disposição, tanto que pretendo apresentar uma indicação discriminando deveres e obrigações para normatizarmos esta ação e concretizar esta solução para estacionamentos no perímetro central da cidade”, complementou a parlamentar.