Após 14 anos, exploradores filmam restos do Titanic

Uma nova expedição submarina, chamada Expedição Five Deeps, capturou novas imagens do navio Titanic, que afundou em 1912 após colidir contra um iceberg. Segundo a agência de imagens Reuters, a excursão científica percorrerá os cinco oceanos do planeta Terra, mas já explorou parte de onde o navio britânico está naufragado, no Oceano Atlântico, a cerca de 650 quilômetros da costa de Terra Nova, no Canadá. São as primeiras imagens em alta resolução do Titanic em 14 anos.

A empresa responsável pela exploração é a Atlantic Productions, que já forneceu materiais para o canal Discovery Channel. Em reportagem, o explorador Victor Vescovo falou sobre o grande achado:

– Primeiras impressões: é grande. É um grande destroço. Não estava totalmente preparado para o quão grande era. E quando apareceu no sonar, realmente se destacou. Foi simplesmente extraordinário vê-lo todo. E o momento mais assombroso foi quando fui para o lado do Titanic e as luzes brilhantes do submersível, pela primeira vez, refletiram em um portal e desapareceram. Era como se o navio estivesse piscando para mim. Foi realmente incrível.

O levantamento das imagens será utilizado para a criação de modelos 3D para uso em plataformas de realidade virtual e aumentada. Legal, né?

O Titanic deixou o porto de Southampton, na Inglaterra, no dia 10 de abril de 1912. No dia 15 de abril, por volta das 23:40 da noite, o transatlântico se chocou contra um iceberg e naufragou em sua viagem inaugural, provocando a morte de 1.517 pessoas. A história da embarcação inspirou o filme Titanic, de 1998, protagonizado por Leonardo DiCaprio e Kate Winslet.