Senador capixaba Marcos do Val aponta à PF presença de homens armados perto da casa dele

O senador Marcos do Val (Cidadania-ES), relator do pacote anticrime do ministro Sérgio Moro, foi nesta quinta-feira (4) à Polícia Federal em Brasília para relatar que duas pessoas armadas estiveram perto de sua casa, no Espírito Santo.

Marcos do Val suspeita que essas pessoas foram lá para reconhecer a área e planejar um futuro ataque, já que, em abril, ele recebeu ameaças por email, em razão da relatoria do pacote anticrime, que prevê aumento de pena para integrantes de organizações criminosas. Nesse caso, a Polícia Federal instaurou inquérito em abril e segue investigando. A apuração é sigilosa.

O senador mostrou à PF vídeos da câmera do bairro onde tem casa, na Ilha do Frade, em Vitória (ES). As imagens foram gravadas na última sexta-feira .

A assessoria do senador diz que seguranças dele acionaram a Polícia Militar, que seguiu os dois suspeitos em perseguição de carro, mas não conseguiu alcançá-los.

A PF vai analisar as imagens e as informações a partir de agora para decidir qual medida tomará.

“Viu meus meninos pelas câmeras e não os convidou para entrar?”, diz novo email de ameaça a senador capixaba

Após entregar à PF vídeo de homens armados rondando sua casa, o relator do pacote anticrime, Senador Marcos do Val, do Espírito Santo, recebeu novo email debochando das ameaças.

“Viu meus meninos pelas câmeras e não os convidou para entrar?”, diz um trecho.

O e-mail foi enviado por um remetente nomeado “Sociedade Secreta Silvestre”, que designa o mesmo grupo que já ameaçou na internet Jair Bolsonaro, Damares Alves e Ricardo Salles.

 

Veja:

O senador suspeita que eles foram lá para reconhecer a área e planejar um futuro ataque. A PM perseguiu os suspeitos de carro, mas não conseguiu alcançá-los.