Professor Zulagar pode assumir Secretaria de Saúde de Barra de São Francisco

Após o anúncio da saída de Ronan Godoy da Secretaria Municipal de Saúde de Barra de São Francisco, várias especulações surgiram de quem será o novo secretário.

Ronan César Godoy da Costa pediu exoneração do cargo e de acordo com pessoas ligadas à administração, o professor Zulagar Dias Ferreira pode assumir a vaga.

Zula, como é conhecido, é servidor efetivo do Estado do Espírito Santo e foi Diretor da Escola João XXIII durante vários anos.

A entrada de Zulagar na administração tem o aval do diretório municipal do PT, partido do prefeito Alencar Marim.

Exonerações

Ronan César Godoy (Saúde) e Samuel Vieira Teixeira (Interior e Transportes)

Dois secretários municipais de Barra de São Francisco pediram exoneração.

Samuel Vieira Teixeira, que respondia pela Secretaria Municipal de Interior e Transportes, e Ronan César Godoy da Costa, Secretário Municipal de Saúde.

A saída de Samuel pegou muita gente de surpresa, inclusive o próprio prefeito, Alencar Marim(PT), que é também amigo pessoal de Samuel.

Samuel foi também, nessa mesma administração, Secretário Municipal de Agricultura. Hoje o responsável pela pasta é Valmiro Saar, que assumiu em março deste ano, veja aqui.

Apesar da saída de Ronan ser esperada por alguns desde 2018, a decisão dele em pedir exoneração agora também pegou muitos de surpresa. Nem Ronan nem a assessoria da prefeitura divulgou o motivo da saída.

Formação inicial desmontada

Dos secretários que iniciaram na administração de Alencar Marim, vários já deixaram o cargo. Veja aqui como foi a formação inicial do secretariado.

Não se sabe o que está acontecendo, mas de acordo com pessoas que trabalham na prefeitura, outros cargos importantes da administração podem sofrer mudanças, pois outros profissionais também já manifestaram a vontade de pedir exoneração.

Quem já deixou o cargo

Agraciene Veríssimo foi a primeira a deixar o cargo. Ela iniciou como Secretária Municipal de Ação Social, porém, menos de dois meses depois, pediu pra sair. Veja aqui

Um mês depois foi a vez do empresário Demerci Galimberti também pedir pra sair. Ele não ficou muito tempo na Secretaria Municipal de Desenvolvimento. Veja aqui.

Quem também não permaneceu muito tempo no cargo foi o vice-prefeito Denilson Feirante. Ele saiu de forma polêmica da Secretaria Municipal de Interior e Transportes. Pouco depois de completar um ano de mandato, prefeito e vice já não falavam a mesma língua. Veja aqui.

Maria da Penha Vieira Fagundes (Penha Fagundes) também inciou o mandato como secretária, mas foi outra que pediu pra deixar o cargo. Quem assumiu em seu lugar foi a subsecretária, Delma Ker. Veja aqui.

O advogado Raone Scheffer Pereira também iniciou como Procurador Geral do Município, mas logo em seguida foi substituído por Patric Manhães. Veja aqui.

Outro que deixou o cargo foi Milton Mendonça (Miltinho), que foi Secretário Municipal da Fazenda. Veja aqui.

Também tiveram mudanças internas, como por exemplo, Valézio Armani, que iniciou como subsecretário chegou a assumir uma secretaria, mas também não permaneceu. Júnior Borém, que iniciou como Secretário Municipal de Obras também foi exonerado, mas ganhou outra secretaria imediatamente.