Homem é preso suspeito de matar adolescente de 12 anos em Colatina

Um homem identificado como Caislan Araújo Chagas, de 22 anos, foi preso na noite desta terça-feira (30) suspeito de matar uma adolescente de 12 anos, em Colatina, no Noroeste do Espírito Santo. Segundo a polícia, a vítima foi morta por engano e o alvo seria o primo dela.

O crime ocorreu no dia 1º de abril, no bairro São Judas Tadeu. Samara Pereira de Souza estava dormindo quando foi atingida por dois tiros.

O delegado Deverly Pereira Júnior, titular da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) do município, informou que Caislan foi o responsável pelos disparos que mataram Samara.

Caislan foi preso na noite desta terça-feira (30) — Foto: Reprodução/TV Gazeta
Caislan foi preso na noite desta terça-feira (30) — Foto: Reprodução/TV Gazeta

“Esse indivíduo já era identificado aqui na região, como traficante que estava atuando entre bairros de Colatina Velha e São Judas Tadeu. Por meio de testemunhas e imagens de videomonitoramento daquela região, a gente acabou identificando ele como sendo o autor dos disparos. As imagens mostram ele passando instantes depois do crime com a arma ainda na mão”, comentou.

De acordo com o delegado, Caislan também é apontado como autor de uma tentativa de homicídio que aconteceu horas antes do assassinato de Samara. A tentativa teria ocorrido na mesma rua onde a família da adolescente mora.

“Os crimes têm ligação. A gente acabou percebendo que, tanto o ataque que aconteceu horas antes, quanto o que vitimou a Samara, era questão de guerra de tráfico de drogas na região e os dois ataques foram realizados pelo mesmo indivíduo”, afirmou Deverly.

A polícia informou que Caislan já havia cumprido pena por três vezes por tráfico de drogas. Na última ocasião, ficou detido três meses e foi solto em dezembro de 2018. Após sair, voltou a se envolver em outros crimes.

Depois de matar Samara, o suspeito fugiu e estava foragido até esta terça-feira (30). Ele vai responder por homicídio e por duas tentativas de assassinato.

Primo preso

A Polícia Civil disse que o primo de Samara, que era alvo do suspeito, tem envolvimento com o tráfico de drogas na região e as investigações apontam que ele é de uma facção rival a de Caislan.

Dias após o crime, o primo da adolescente foi preso por estar com uma moto com restrição de furto.

O caso

Samara Pereira de Souza foi morta a tiros em casa em Colatina — Foto: Arquivo Pessoal
Samara Pereira de Souza foi morta a tiros em casa em Colatina — Foto: Arquivo Pessoal

Samara foi morta a tiros em casa no bairro São Judas Tadeu, em Colatina, na noite de 1º de abril.

Sete pessoas dormiam na casa quando um homem encapuzado arrombou a porta e atirou várias vezes, por volta das 4h. Samara estava dormindo na sala e foi atingida por dois tiros.

Ela chegou a ser socorrida e levada ao hospital Silvio Avidos, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Segundo testemunhas, o suspeito estava em busca do primo dela, que tem envolvimento com o tráfico. No bairro, ele é conhecido como “sementinha do mal”.

Com informações de Alessandro Bacheti, G1 ES e TV Gazeta