História de Barra de São Francisco – ES. Por Edivaldo Machado Lima


O desbravamento da região começou em 1927, lavradores e comerciantes vindos do estado do RJ, Sul do ES, Minas Gerais, Colatina e São Mateus em busca de terras devolutas, Madeiras e comercio em geral.

Estabelecem-se na confluência dos rios Itaúnas e São Francisco, O primeiro povoado de São Mateus em 1932 fundando Patrimônio de São Sebastião.

As primeiras casas eram de estuque, cobertas de palha de palmito e tábuas de madeira.
Em 1928 a agricultura cafeeira se expandiu com o aumento dos lavradores à procura de terras.

No ano seguinte, com a construção da ponte sobre o Rio Doce, o plantio de café foi ampliado.

A região teve um grande conflito chamado o “Contestado ou Zona Litigiosa” que começou depois que o fiscal do município mineiro de Itambacuri, Antônio Matos, publicou edital em 1937 declarando que a então região capixaba de Mantena pertencia ao Estado de Minas Gerais.

Os mineiros invadiram a área e o Governo do Espírito Santo enviou soldados para algumas regiões de Barra de São Francisco.

No ano seguinte o Governo capixaba escreveu ao presidente Getúlio Vargas reclamando da violência com que os policiais mineiros tratavam o povo da região.

Em 31 de março de 1938, torna-se sede de distrito, pela Lei nº 9. 222, com denominação de Barra de São Francisco.

Durante o ano de 1940 o Serviço Geográfico do Exército realizou levantamentos na região e o laudo foi entregue ao Governo Federal.

Em 31 de outubro de 1943, pela Lei 15.177 é criado o município de Barra de São Francisco, desmembrado de São Mateus. A instalação do município ocorreu em 1 de março de 1944.
Os Estados de Minas e Espírito Santo disputaram a região por mais de 25 anos.
Em 16/09/1963 os limites territoriais entre Minas e Espírito Santo foram definidos.
Atualmente Mantena faz parte do Estado de Minas Gerais.

Barra de São Francisco também é conhecida como “Sentinela Capixaba”, dizeres impressos em seu Brasão, que representam valentia e bravura dos agricultores e policiais mortos em defesa do território capixaba.

Data da Emancipação Política de Barra de São Francisco: 31/12/1943, através do Decreto Lei Estadual nº 15.177.

Significado do nome de Barra de São Francisco originou-se do fato de a cidade estar localizado na confluência dos rios São Francisco e Itaúnas.

04 de outubro: Aniversário da Cidade e Dia do Padroeiro da cidade.

– FACE – Edivaldo Machado Lima – e-mail edivaldonlima@bol.com.br