ES: taxista é agredido por travesti após negar desconto de R$ 5,00

Um taxista acabou gravemente ferido após ser agredido por uma travesti, no ponto de táxi onde trabalha, no bairro Laranjeiras, na Serra. O crime aconteceu por volta das 3h20 da madrugada desta sexta-feira (10). Segundo a polícia, a agressão aconteceu depois que a vítima negou um desconto de R$ 5 reais para a agressora.

Ao perceber que o valor cobrado pela corrida era maior do que tinha na bolsa, a travesti tentou uma negociação com o taxista. No entanto, a vítima informou que não seria possível, pois o valor cobrado já seria menor do que de costume. Irritada, a agressora retirou o taxista de dentro do veículo e começou as agressões.

A vítima foi agredida com socos e uma pedrada, que atingiu a região da cabeça. Após cometer as agressões, a travesti fugiu a pé pelas ruas do bairro. Uma testemunha que passava pelo local, encontrou o taxista caído no chão e acionou uma viatura da Polícia Militar.

Uma equipe do Samu também foi acionada e prestou os primeiros socorros ainda no local. Gravemente ferido, o homem foi encaminhado para o Hospital Jayme Santos Neves, na Serra, onde permanece internada, em estado de saúde grave, de acordo com a polícia.

A suspeita que usava um vestido vermelho e estava com uma sandália de salto alto, fugiu a pé e até o momento não foi localizada.

* Com informações da repórter Suellen Araújo, da TV Vitória / Record TV.