Por Tiago Félix

Um comerciante de 50 anos foi preso ao ser flagrado com quase 60 kg de maconha em um carro na BR-101, no Espírito Santo. Ele buscava a droga do Paraguai, mas foi preso em Viana, na noite desta segunda-feira (13).

Aos policiais, o suspeito contou que a droga veio do Paraguai, passou por Mato Grosso do Sul e seguiria para Guarapari, no Espírito Santo.

O carro onde estava era roubado e estava com placas adulteradas. “A gente estava em uma fiscalização de rotina, uma ronda de policiamento noturno, quando na altura do km 305, visualizamos esse veículo que vinha pela BR-262, e resolvemos abordar. A gente emitiu ordens claras de parada, o veículo demonstrou que ia acatar as ordens, mas fugiu em altíssima velocidade. Acompanhamos por cerca de dois quilômetros até que tivéssemos êxito”, disse o inspetor Thiago Hermerly.

O porta-malas estava cheio de drogas. O veículo também foi apreendido. “Ele demonstrava nervosismo e ao ser solicitado documentos e alegou não possuir documentos do veículos. A equipe fez buscas no carro e encontrou cerca de 60 kg de droga, que foram pesadas posteriormente”.

O comerciante chegava do Mato Grosso do Sul, quando foi pego pelos policiais. “Ele falou que foi levado por um morador de Vila Velha para o Mato Grosso do Sul na quinta-feira passada e na sexta-feira pegaram esse veículo pronto na cidade de Dourados e já carregado. E no dia seguinte já chegou no Espírito Santo”, falou o inspetor.

Ele afirmou à Polícia Rodoviária Federal (PRF) que não tem envolvimento com o tráfico de drogas, mas estava pagando uma dívida.

“Segundo informações dele, seria para pagar a dívida de um filho que tem envolvimento com o tráfico. É a alegação dele na história”, concluiu Hermerly.

O comerciante será autuado por tráfico de drogas interestadual e receptação de carro roubado.