Faleceu na noite desta segunda-feira, 08 de abril de 2019, o ex-vereador de Barra de São Francisco, Múcio Emerich.

Múcio sofreu um infarto no dia  28 de março de 2019. Ele foi socorrido até o Pronto Socorro de Barra de São francisco, foi entubado e depois transferido com urgência para Colatina.

Homem honrado e de tradicional família, Múcio Emerich foi vereador no município de Barra de São Francisco. Ele foi candidato a vereador novamente em 2016, não conseguindo se eleger.

MÚCIO ALIPIO EMERICK

Iniciou atividades na campanha de 1988 quando concorreu a uma das vagas para a Câmara Municipal, pelo PFL obtendo naquele pleito 249 votos entre 277 concorrentes. Em 1992 voltou a concorrer pela Câmara Municipal, se reelegendo pelo PSDB com 281 votos e se tornando presidente do Legislativo em 1993.

Na sua gestão, ocorreu um debate sobre a questão do uso do gás liquefeito de petróleo como combustível de pickups, a maioria de feirantes e de produtores. O MP queria a apreensão de veículos numa exigência de um de seus representantes, Dr. Paulo Panaro que já havia oficializado o então Capitão Jurandir, comandante da Cia de PM, que buscasse encontrar terrenos para abrigar os veículos que seriam apreendidos.

Múcio e outros ex-vereadores de Barra de São Francisco foram homenageados na Câmara Municipal em 2016

 

Como sendo presidente do Legislativo, Múcio Emerick, comunicou-se com  Dr. Alcir então presidente da Promotoria Estadual, confirmando uma audiência no Fórum com a presença do prefeito José Lauer, José Laurindo Pimenta secretário municipal, promotores Dr Izaias Antônio Souza e Dr. Paulo Panaro, os quais após quase três horas de reunião, ficou determinado pelo então presidente do MP Estadual, Dr. Alcyr que o prefeito e o presidente do Legislativo iriam cuidar na melhoria dos referidos veículos, nas partes elétrica, mecânica e de estrutura no funcionamento do gás.

Voltou a concorrer em 1997 obtendo 341 votos para o mandato que se encerrou em 2000. Voltou a concorrer novamente em outra oportunidade pelo PPS, e por motivos de saúde ficou impossibilitado de realizar campanha e mesmo assim ainda obteve 292 votos, não sendo suficiente para sua eleição.