Incêndio: O dia em que Barra de São Francisco parou

O ex-jogador de futebol, Paulo Cesar Andrade, o Paulinho Caipora, continua sendo craque até os dias atuais, antes era na bola, agora é nas noticias do passado. Ele mostra nesta matéria que no ano de 1966, o dia em que Barra de São Francisco parou.

Foi o maior alvoroço, o que ficou evidente foi a solidariedade das pessoas, indo e vindo tentando salvar parte das mercadorias do armazém que ardia em fogo.

Hoje no local do incêndio é o prédio do Carnielli, e essa casa velha da esquina é hoje o Moreira Material de construção, que na época era a loja do Sr. Adão Batista.